AUTOMAÇÃO

Perto: novo POS para pagamento 3X mais rápido

22/06/2012 19:01

Tamanho da fonte: -A+A

A Perto lançou durante o Ciab Febraban 2012, realizado de 20 a 22 de junho em São Paulo, uma nova família de terminais POS, máquinas usadas no varejo para pagamentos com cartões de débito e crédito.

Não à toa, a linha foi batizada de Veloh: o maior diferencial é a velocidade, três vezes mais rápida que qualquer outro lançamento do mercado, garante Cristiano Porto, gerente de Negócios da unidade de POS da Perto.

“A nova arquitetura dos terminais permite a geração de novos serviços, o que o possibilita às redes geração de novas receitas”, explica Porto. “Além disso, a estética faz com que o equipamento saia do patamar dos meios de pagamento convencionais, tendo referências como celulares e painéis de carros, por exemplo”, completa.

A Perto iniciou sua atuação no segmento de POS em 2009, com a inauguração de uma unidade para produção dos equipamentos, que contou com investimento de US$ 9 milhões.

Porto afirma que a empresa foi pioneira na fabricação de POS com tecnologia 100% nacional.

“Desde então, grandes parcerias foram firmadas com instituições reconhecidas, como o Banrisul e Cielo, que tem soluções para meios de pagamento eletrônico ativas em 1,140 milhão de estabelecimentos no país”, destaca o executivo.

Além do mercado brasileiro, o PertOS também já vendeu para a Venezuela (Banco Bicentenário) e Equador (Banco Pichincha) no ano passado.

De acordo com Porto, os contratos geraram um crescimento de 78% no faturamento da área na empresa.

No geral, a Perto faturou R$ 320 milhões em 2011.

A Perto atua há 24 anos no mercado de hardware e software para automação bancária e comercial.

Possui uma fábrica com mais de 33 mil metros quadrados em Gravataí, além de filial em Alphaville, escritórios em 18 cidades e rede de suporte e serviços em todo o Brasil.

Ao todo, emprega cerca de 1,4 mil colaboradores e seus produtos são exportados para 25 países.
 

Veja também

CAMINHO DAS ÍNDIAS
Perto: fábrica indiana será em Jaipur

fabricante gaúcha de caixas automáticos, vai instalar sua fábrica na Índia em Jaipur no noroeste do país. Foco é produzir ATMs especiais para o mercado indiano.

Perto aposta na Índia

A Perto vai investir US$ 35 milhões na construção de uma fábrica de terminais de autoatendimento na Índia.

O presidente da empresa, Thomas Elbling, prefere não fazer projeções sobre o faturamento da filial indiana, mas é fácil ver que a Perto tem altas expectativas em um país que tem um grande mercado potencial para ATMs.

Perto inicia duplicação em Gravataí

Seis meses após o anúncio, a Perto S.A. inicia as obras de ampliação da fábrica de ATMs em Gravataí, no Rio Grande do Sul.

A empresa recebeu licença de execução da prefeitura do município e já concluiu a etapa de detalhamento do projeto, que terá investimento de R$ 38 milhões.

Perto: ATM no estacionamento

ATM não é só coisa de banco, na opinião da gaúcha Perto.

Fabricante de equipamentos para bancos e varejo com sede em Gravataí, na grande Porto Alegre, a empresa está apostando no aumento dos terminais de autoatendimento em estacionamentos.

Hoje, o segmento responde por uma parte “significativa” da área de automação comercial, segundo Margô Neff, gerente de automação comercial da Perto.

Perto: 1 mil PertoPay para HSBC

A Perto acaba de acertar a venda de mil equipamentos para processamento eletrônico de meios de pagamento para a promotora de vendas Losango, do grupo HSBC.

A máquina, denominada PertoPay, possui aplicações que permitem a validação e a compensação eletrônica de cheques e a autorização de crédito automática.

Perto vende 20% + impressoras no ano

A gaúcha Perto, com sede em Gravataí, na Grande Porto Alegre, fechará 2011 com um crescimento de 20% sobre 2010 nas vendas de impressoras ao varejo – voltadas à automação bancária e comercial.

Foram 3.339 impressoras comercializadas em 2011, com grande participação de clientes de peso.