SISTEMAS

BMC e CA podem ter fusão

22/06/2017 10:03

Um grande negócio à vista? Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

A BMC está em conversas com a CA para viabilizar um negócio pelo qual a CA teria seu capital fechado por fundos de investimento para depois realizar uma fusão com a BMC.

A informação é da Bloomberg, citando fontes próximas da negociação. A BMC já fechou o capital em 2013 em um negócio avaliado em US$ 6,9 bilhões é controlada pelos fundos Bain Capital e Golden Gate Capital.

O boato já aumentou o preço das ações da CA em 16%, com a avaliação da empresa chegando a US$ 15 bilhões.

A CA tem capital aberto desde o começo dos anos 90, mas não está em boa fase. A receita de US$ 4 bilhões no ano passado é a mesma de 1997.

A companhia é uma compradora em série, com mais de 200 aquisições na sua história, a maioria de produtos de nicho.

Na avaliação do The Register, a CA não tem um “hit” há anos e com o crescimento do cloud computing, os sistemas legados atendidos pelos produtos da empresa devem progressivamente sair de cena.

É uma situação não muito diferente da BMC. Juntas, as empresas poderiam concentrar o mercado de gerenciamento de sistemas e focar na busca de novas oportunidades.

Veja também

EXPANSÃO
BMC: centro de suporte no México

Com a novidade, a BMC passará a oferecer suporte em português e espanhol na região.

AMÉRICA LATINA
Ex-Salesforce é novo VP da BMC

Eduardo Lugo foi vice-presidente de vendas da Salesforce na América Latina.

BRASIL
ServiceNow: pronta para estourar

A companhia está no Brasil desde 2012, mas começou a incrementar seu perfil no ano passado.

ESTRATÉGIA
ServiceNow: visão B2C no B2B

John Donahoe assumiu o cargo de CEO da ServiceNow em abril, depois de sete anos no eBay.

ESTRATÉGIA
ServiceNow: além do ITSM no Brasil

A ServiceNow busca ampliar contratos em áreas como RH, vendas, marketing, segurança.

COMANDO
Márcia, ex-Intel, assume BMC

Executiva já passou por Symantec, SAS, Infor e CA.