A TIM vai oferecer soluções de nuvem pública da IBM. Foto: Divulgação.

A TIM fechou um acordo com a IBM e Ingram Micro para oferecer aos seus clientes soluções de nuvem pública da multinacional americana.

O acordo inclui ofertas de servidor físico, servidor virtual e armazenamento, a serem oferecidas a partir da nuvem da IBM pela força de vendas direta da operadora em todo o Brasil. 

Está no pacote a oferta de servidores físicos exclusivos, o que nos últimos tempos tem sido chamado de “bare metal”. 

“Unimos a capacidade tecnológica de cloud da IBM com a capilaridade de mercado da TIM para entregar uma solução que une inovação, velocidade e agilidade”, afirma Tomaz Oliveira, líder de Cloud da IBM Brasil. 

O acordo já existia na Itália e agora está sendo trazido para o mercado brasileiro, onde a TIM tinha ficado um pouco para trás frente a concorrentes como Claro, Vivo e Oi.

Todas as operadoras brasileiras entraram no mercado de nuvem ao redor de 2012, mas desde então os concorrentes vem fazendo mais barulho sobre o tema que a TIM.

Oi e Vivo mantém data centers próprios, mas também tem acordos com grandes players do setor, com destaque para a Cisco (a Oi oferece ainda algo de tecnologia da IBM e Vivo da VMware).

A Claro, através da Embratel, também tem data centers próprios no Brasil, onde pretende reproduzir seu posicionamento no México, em que disputa mercado com IBM, HPE e Sofftek.