Evento da MLG em Anaheim, nos Estados Unidos. Foto: divulgação.

Quarto maior mercado de games no mundo, o Brasil agora tem sua primeira liga profissional de games, com o lançamento local da Major League Gaming Brasil (MLG Brasil), site dedicado a competições e rankings oficiais para jogadores de videogame.

A iniciativa, trazida ao Brasil pelo Grupo Águia, grupo brasileiro especializado em turismo, com cerca de 10 empresas e cerca de 600 funcionários, corresponde à primeira plataforma que a MLG lança fora dos Estados Unidos. O lançamento oficial está previsto para até o final de setembro.

Fundado nos EUA em 2002, a MLG é dedicada à criação de eventos esportivos para jogos eletrônicos. Em junho de 2014, em evento realizado em Anahein, na Califórnia, cerca de 21 mil fãs compareceram para um campeonato do game Call Of Duty: Ghosts.

Ao trazer a iniciativa para o Brasil, a expectativa é grande. Segundo destaca a MLG Brasil, o objetivo é ser um ponto de encontro dos admiradores, usuários e atletas de esportes eletrônicos (eSports) no Brasil.

Há uma grande demanda por este segmento no país. Atualmente a audiência é formada por 71 milhões de espectadores de games, segundo a SuperData, empresa que realizou pesquisas sobre o eSports.

De acordo com o estudo, um espectador assiste, em média, a 19 partidas por mês e passa cerca de 2 horas a cada vez que senta em frente ao computador para assistir aos campeonatos. No ano passado, mais de US$ 25 milhões foram distribuídos nos mais variados torneios.

O objetivo da MLG Brasil é interagir com o público, suprir a necessidade e demanda dos brasileiros por competições em plataformas online e presenciais e viabilizar a profissionalização dos jogadores.

Para o CEO da MLG Brasil, Paulo Castello Filho, o lançamento da liga oficial de gamers no Brasil trará mais força aos eSports no país, se tornando mais conhecido do público em geral.

"O fato do Brasil ser a primeira franquia no mundo a ter uma MLG, mostra o potencial de crescimento que existe no nosso mercado que já é o 4º maior do mundo. Novos patrocinadores, equipes e jogadores surgirão fazendo com que o eSports brasileiro seja cada vez maior e melhor", comenta o CEO.

O site contará com interação com as principais redes sociais e o primeiro jogo disponibilizado será Call of Duty. Jogadores das plataformas novas (Playstation 4, Xbox One) e antigas (Playstation 3, Xbox 360) poderão usufruir dos serviços do site.