DEA (desfibrilador externo automático), da Cmos Drake. Foto: divulgação.

A Produza, fabricante catarinense de placas eletrônicas sob encomenda, firmou um acordo com a Cmos Drake para o fornecimento de tecnologias para os produtos da companhia brasileira, especializada em produtos para saúde.

Com o contrato, a Produza fará parcialmente a montagem de placas eletrônicas para marca-passo e oxímetro e totalmente a do desfibrilador externo. Segundo a empresa, este é o primeiro passo para a empresa atuar no fornecimento de soluções para o segmento de saúde.

Sediada em Minas Gerais e com trinta anos de mercado, a Cmos Drake é a primeira fabricante do DEA (desfibrilador externo automático) em toda América Latina com tecnologia totalmente brasileira. A empresa também tem produtos na Europa, América, Ásia e no mercado árabe.

Com o contrato, a empresa mineira se soma a outros contratos de peso da Produza, que fabrica placas para equipamentos da gaúcha Stara, indústria de implementos agrícolas, e a catarinense Reason, que desenvolve soluções para sistemas elétrico e industrial.

Segundo a Produza, a terceirização dessa etapa do processo tem sido responsável pelo aumento da qualidade final do produto, redução de custos e produção em menor escala sem causar prejuízo para as empresas.

Hoje, a Produza opera em duas modalidades. Na industrialização por encomenda, faz-se apenas a montagem das placas com materiais e especificações sugeridas pelo cliente. Na terceirização de compras e produção, a Produza atua com uma estrutura de compras e contatos com fornecedores, além de ficar responsável pela montagem das placas.

Sediada em Florianópolis e parceira da Fundação Certi, a empresa planeja chegar a um faturamento de R$ 13 milhões em 2014, um crescimento de 45% sobre o que registrou no ano passado.