André Facciolli.

A Netbr, empresa de São Paulo especializada em gestão de identidade, acesso e privilégios em ambientes corporativos, fechou uma joint venture com a americana Identropy, sediada em Austin, no Texas.

As duas empresas farão a integração de estruturas de serviços, laboratórios, pessoas, parceiros e bases de clientes. 

Na expectativa da empresa a operação conjunta irá alavancar receitas da ordem de US$ 5 milhões ao longo de 2017. Cerca de US$ 300 mil estão sendo investidos para o alinhamento das operações e contratações locais.

As duas companhias trabalharão com produtos da Sailpoint, para governança de identidade e Balabit, para controle de acesso. 

"Estas soluções serão os pilares de nossa oferta, integradas ao ambiente do cliente atual", destaca André Facciolli, diretor da Netbr.  

Na avaliação do executivo, o aumento dos ataques e o crescimento da computação em nuvem abrem espaço para soluções especialistas nessa área, no lugar das tradicionais suítes de players como Oracle, IBM, CA e Novell.

De acordo a pesquisa da empresa Global Market Insights, o nicho de identidade e acesso está saltando para um patamar de US$ 26,74 bilhões ao ano até 2022. 

Os Estados Unidos, segundo a pesquisa, absorvem mais de 40% desse total e, na estimativa da Netbr-Identropy, o Brasil ficará com 3 a 5% das receitas anuais em projetos nessa área.

A Netbr foi fundada no começo dos anos 2000 por ex-colaboradores da NetIQ, uma multinacional de gestão de identidades de quem a empresa foi distribuidor exclusivo no Brasil. 

A companhia já entregou 50 projetos em clientes como TIM, Banco do Brasil, Sabesp, Cetip, Serasa, UOL entre outras.

Já a Identropy também acumula uma década de experiência e soma mais de 200 projetos na área, envolvendo empresas como Capital One, Verizon, Marriot e US Golf Association.