Vivo e Sascar miram frotas de veículos leves. Foto: divulgação.

A Telefônica Vivo lançou nesta quarta-feira, 23, o Vivo Gestão de Frotas, serviço desenvolvido em parceria com a Sascar, empresa do segmento de monitoramento veicular. A novidade é direcionada especialmente para frotas de veículos comerciais leves, de olho em clientes corporativos de médio e pequeno porte.

Segundo a operadora, o objetivo com a nova oferta é proporcionar aumento de produtividade e maior eficiência operacional às empresas. A companhia também mira a sua carteira própria de clientes corporativos, que soma mais de 1,2 milhão de pequenas e médias companhias.

Além disso, o segmento de controle de frotas entre as empresas menores ainda é um mercado em potencial. O Brasil hoje tem um mercado de 5 milhões de veículos leves, menos de 10% deles com soluções com esta finalidade.

O Gestão de Frotas é o primeiro produto final resultante de uma parceria que a Vivo e Sascar anunciaram no ano passado, de olho no crescimento da demanda por soluções de gestão de suas frotas de veículos por aplicações móveis e máquina-a-máquina (M2M).

Os principais segmentos-alvo serão frotas utilizadas por equipes de vendas e assistência técnica, prestadores de serviço de concessionárias de água, luz e telefonia, bem como empresas de entregas rápidas, entre outros.

O serviço é composto de uma plataforma web, assim como apps para iOS e Android, para gerir os dispositivos instalados nos veículos, como rastreadores e GPS, responsáveis pela transmissão dos dados da frota do cliente.

A solução é capaz de controlar velocidade, rotas, quilometragem e jornada de trabalho, além da emissão de avisos em tempo real sobre ocorrências com os veículos. De acordo com a operadora, esta solução traz redução de custos com manutenção, combustível e multas.

Primeira telecom a entrar neste mercado, a Vivo destaca como diferencial do novo serviço o conhecimento por parte da tecnologia da Sascar, aliada à cobertura de telefonia da empresa, que é a maior do país, chegando a 3,7 mil municípios.

Com esta abrangência de sinal, o serviço oferece opções como definir regiões em que o veículo pode trafegar, seja um pequeno raio de ruas, bairros ou cidades. Caso o motorista ultrapasse o limite pré-definido, o gestor da frota recebe alertas informando a irregularidade.

“A tecnologia M2M da Vivo e a parceria com a Sascar nos permitiram chegar a uma solução inovadora, que trará grande benefício aos clientes”, afirma Roberto Piazza, diretor-executivo de Negócios Digitais da Telefônica Vivo.

Com 14 anos de atuação, a empresa conta com cerca de 230 mil veículos ativos e rastreados. Em abril, a companhia anunciou metas de crescimento de 15% a 20% ao ano, após cancelar seus planos de uma oferta pública de ações.

A companhia, controlada pela GP Investimentos, tinha anunciado em 2013 que iria abrir seu capital, uma operação que poderia alcançar R$ 600 milhões. No entanto, a companhia reviu seus planos de expansão e decidiu captar menos recursos no mercado, com uma emissão de US$ 100 milhões em debêntures.

No ano passado, a companhia registrou lucro líquido de R$ 21 milhões, ante R$ 1 milhão em 2012. A receita aumentou 22% no período, para R$ 280,4 milhões. Em três anos, a companhia ampliou a receita em 88%.