MICRO

Simples Nacional adota pagamento via Pix

23/04/2021 09:34

Mais de 16 milhões de contribuintes já podem pagar o tributo mensal através de QR Code.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Simples Nacional, regime de tributação especial da Receita Federal, adotou o Pix,  sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central, como opção de pagamento do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Agora, os mais de 16 milhões de contribuintes, incluindo microempresas (ME), empresas de pequeno porte (EPP) e microempreendedores individuais (MEI), poderão pagar o tributo mensal com o tipo de transação.

A emissão da guia segue sendo feita da mesma maneira. O DAS deve ser emitido diretamente no Portal do Simples Nacional ou pelo app MEI, disponível nas versões iOS e Android.

Ao emitir o documento, será gerado um QR Code automaticamente na guia de pagamento. Com o código, o contribuinte pode efetuar o pagamento sem nenhuma ação adicional.

A possibilidade de quitação por meio do QR Code do Pix também contemplará os DAS emitidos para os contribuintes que tiveram seus pedidos de parcelamento deferidos.

O pagamento poderá ser feito a qualquer hora e qualquer dia, em qualquer banco que ofereça esta opção de pagamento, independente de ser ou não um banco habilitado para recebimento de DAS. 

Para facilitar a quitação por meio de QR Code, o Serpro, empresa de inteligência em TI do Governo Federal, conta que implementou melhorias no sistema de emissão do DAS do Portal do Simples Nacional.

“No âmbito da Receita Federal já é possível emitir o documento de arrecadação com QR Code de pagamento pelo Pix para eSocial doméstico (DAE), alguns DARF e agora será possível para todo Simples Nacional (DAS)”, conta André de Cesero, diretor de relacionamento com clientes do Serpro.

Previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, o Simples Nacional hoje conta com mais de 11 milhões de MEI e mais de 5 milhões de empresas cadastradas no regime de tributação.

Inaugurado em novembro do ano passado, o Pix movimentou em 2020 um total de R$ 150,3 bilhões em cerca de 176 milhões de transações. 

Veja também

BOLADA
Locaweb paga R$ 524,3 mi pela Bling

Companhia gaúcha faz software de gestão na nuvem para pequenas e médias empresas.

PAGAMENTOS
BPP: soluções de core banking com Matera

Projeto inclui ferramentas de conta corrente, cobrança, liquidação financeira, Pix e convênios.

PAROU
Pix fica fora do ar por mais de uma hora

Usuários fizeram reclamações no sábado, 6, e o Banco Central confirmou problema técnico.

NUVEM
Banco BS2 migra para Google Cloud

Instituição quer usar ferramentas para geração de insights baseados em dados e inteligência artificial.

INFRA
PIX usa tecnologia Red Hat

Tecnologia open source foi escolhida pelo Banco Central como base do sistema.

CARROS
Sem Parar adota PIX

Nova forma de pagamento foi implantada por uma solução da Matera.

CAFÉ
Nespresso agora aceita PIX

Empresa estima converter até 70% das vendas de débito ou dinheiro para o sistema.

PONTOS
Dotz adere ao Pix com Compasso UOL

Projeto começou na metade de setembro e mobilizou times inteiros por 62 dias.

NADA MAL
Stefanini cresce 21%, fatura R$ 4 bi

Com pandemia, grande contrato e aquisições, empresa obteve um dos melhores resultados nos últimos anos.

ERRO
Itaú transfere R$ 1 milhão indevidamente via Pix

Instituição duplicou valores das transações e agora processa outros bancos para receber o dinheiro de volta.