RECEITAS

Memed monitora AWS com Datadog

23/06/2021 11:04

Plataforma de prescrição médica digital contratou consultoria da Econocom.

Memed quer acabar com as receitas em papel. Um belo plano. Foto: Eduardo Andrade / SupCom ALE-RR

Tamanho da fonte: -A+A

A Memed, healthtech em alta, está usando tecnologia da Datadog para fazer o monitoramento da sua nuvem na AWS, em um projeto com consultoria da multinacional francesa Econocom.

O monitoramento do desempenho da nuvem é uma questão chave para a startup, dona de uma plataforma de prescrição médica digital, com a qual médicos podem gerar receitas em formato digital para efetuar compras em qualquer farmácia por meio de um QR Code.

Ao todo, são 120 mil médicos cadastrados e mais de 250 empresas e instituições de saúde parceiras. 

Com a implantação da ferramenta Datadog, a Memed ganhou velocidade para identificar a causa raiz de problemas no ambiente de TI, corrigindo os problemas em produção em poucos minutos, aponta David Cardoso, head de Tecnologia da Memed.

“Como profissional de TI, essa é minha missão. Eu fico muito realizado, porque, cada servidor que eu subo, cada linha de código que eu faço, eu sei que eu estou ajudando um paciente, um médico e a área de saúde”, comenta Cardoso.

A Memed foi fundada em 2012, sempre rodando seu produto na nuvem da AWS.

O volume de dados trafegados, no entanto, explodiu com o sucesso da startup, tendo uma ajudinha do impulso dado pelo coronavírus à digitalização da medicina.

Só nos últimos 12 meses, o seu volume de prescrições digitais cresceu em 400%. No ano passado, foram 3 milhões e, nos primeiros seis meses deste ano, a companhia já bateu mais de 10 milhões. 

São mais de 2,5 milhões de prescrições mensais, num crescimento de 15% ao mês. 

O desempenho chamou a atenção de investidores e na semana passada a Memed captou R$ 300 milhões em rodada liderada pela DNA Capital, gestora de venture capital e private equity focada no setor de saúde. 

A Datadog foi fundada em 2010 na França, mas transferiu sua sede em 2016 para Nova Iorque, onde abriu capital na Nasdaq em 2019. 

A empresa monitora nuvens da AWS, Azure, GFoogle Red Hat Openshift, VMware e OpenStack e tem um faturamento na casa dos US$ 800 milhões.

O Grupo Econocom é uma grande integradora e empresa de serviços de TI, com 40 anos de mercado, presença em 18 países e com receita de € 2,6 bilhões.

No Brasil, a empresa está presente há 18 anos e se concentra na área de serviços, com tecnologias de segurança, monitoramento de redes e nuvem e governança de dados da Splunk, AppDynamics, Zscaler e Netscout, entre outras.

A empresa tem 100 clientes no país, incluindo nomes como Cielo, Itaú, Natura, Porto Seguro e Walmart, entre outros.

Veja também

DADOS
Itaú leva multa de R$ 9,6 mi por privacidade

Ministério da Justiça encontrou problemas na operação de consignado do banco.

LABORATÓRIO
Fleury sob ataque hacker?

A gigante de medicina diagnóstica informou nesta tarde que está com seus sistemas indisponíveis.

RECEITAS
Memed: adequação à LGPD com Beijaflore

A consultoria francesa é especializada em segurança e privacidade de dados.

SMALL DATA
Governo tem portal para acompanhar vacinação

Infelizmente, site omite um dado chave para acompanhar o avanço (ou a falta de avanço) da vacinação.

HEALTHTECH
Beep Saúde recebe aporte de R$ 110 milhões

Rodada série B foi liderada pelo fundo norte-americano Valor Capital Group.

CONTRATAÇÃO
Conexa Saúde anuncia novo CFO

Com experiência anterior no cargo, Humberto Machado irá ajudar a companhia a se consolidar como maior player de saúde digital no país.