REFORÇO

Sky.One compra Vublo

23/06/2022 07:37

Startup é especializada em segurança na nuvem e tem por trás Carlos Carnevali Jr.

Ricardo Brandão, CEO da Sky.One. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Sky.One, companhia paulista especializada em computação na nuvem, acaba de fechar a aquisição da Vublo, especializada em segurança para ambientes cloud.

A Vublo é uma empresa pequena e recente (10 funcionários no Linkedin, pouco mais de um ano de atuação), mas tem um nome de peso por trás: Carlos Carnevali Júnior, um executivo experiente no mercado de TI, que nos últimos anos tem investido em empresas no nicho de segurança.

Diretor de vendas na Cisco entre 1999 e 2008, Carnevali foi também diretor na ScanSource, uma multinacional de distribuição, até 2014.

Nos últimos anos, Carnevali tem investido em empresas na área de TI com um backoffice compartilhado, incluindo nomes como a CYLK, com foco em redes e serviços gerenciados, ou a Danresa, uma revenda de diferentes soluções de redes e segurança.

Com a compra, a Vublo passa a funcionar dentro da estrutura operacional da Sky.One, formando uma nova área de segurança da empresa denominada Sky.Security. Carnevali passa a integrar o Comitê Executivo da Sky.One.

A Sky.One espera que o Sky.Security represente 10% do faturamento da empresa até o final de 2022.

“Entendemos a importância da privacidade e proteção de dados. Em um mundo conectado, ninguém está isento de sofrer ataques ou vazamentos. Foi pensando nisso e em conformidade com a evolução da Transformação Digital, que decidimos adquirir a Vublo”, explica o CEO da Sky.One, Ricardo Brandão.

A Sky.One encontrou um nicho interessante, oferecendo migração para a nuvem para diferentes soluções de gestão escritas para o mundo on premise, sem necessidade de refazer código.

A empresa atende hoje 1,4 mil clientes em 14 países.  A companhia teve um faturamento de R$ 100 milhões em 2020, e projetava fechar R$ 400 milhões em 2022.

A Sky.One vem chamando atenção de investidores. No ano passado, o fundo Inovabra Ventures liderou uma rodada de série B de R$ 45 milhões.

Veja também

SISTEMAS
Mineração Taboca migra SAP para AWS

Projeto é o passo inicial para um upgrade do ECC para o S/4 Hana.

LOCAIS
Tok&Stok roda na nuvem da Oracle

Rede de lojas de móveis e decoração usava infra on premise da Oracle.

PLANOS
Atos pode se dividir em duas

Cibersegurança para o lado, o resto para o outro. Companhia está em crise.

PESO
Stone tem novo CTO

Novo nome chega em um momento de incerteza na empresa de cartões.

CLOUD
Toro Investimentos migra para nuvem da Oracle

A fintech comprada pelo Santander estima economizar 20% no longo prazo.

PRATELEIRAS
Asun migra ERP para nuvem da Oracle

Migração do Consinco foi feita com consultoria da Sky.One.