Interface não mudou muito, mas a velocidade, quanta diferença. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Facebook anunciou nesta quinta-feira o lançamento da nova versão do app da rede social para a plataforma iOS, da Apple - ou seja, um novo aplicativo para a alegria dos donos de iPhones e iPads.

Segundo informou a companhia sediada na Califórnia, o lançamento é a "culminação de mais de seis meses de trabalho".

O diferencial da nova versão para iOS é o seu desenvolvimento na linguagem nativa do sistema da Apple, abandonando a escrita em HTML5.

"Até então o nosso foco era a escala do produto, mas observamos que mesmo tendo um grande site mobile, adaptar HTML5 para um app não é exatamente o que o público espera", declarou o gerente de produto Mick Johnson.

O Facebook para iOS 5.0 foi desenvolvido do zero usando o sistema proprietário da Apple iOS SDK. A interface do novo sistema é quase idêntica à da versão anterior, mas acrescenta algumas novidades.

Uma das principais diferenças do novo app, segundo o Facebook, é a velocidade, sendo duas vezes mais ágil que a versão anterior.

Outros recursos vem da própria escrita do SDK, que traz facilidades no manuseio do aplicativo através da touchscreen, usando apenas uma das mãos.

Outra novidade é o botão "new stories" no feed de notícias, que permite a atualização instantânea da linha do tempo dos amigos. Segundo a empresa, o banner vem para garantir que o usuário sempre tenha acesso às atualizações mais recentes.

NÃO DÁ PARA AGRADAR A TODOS

Mesmo com o aumento da rapidez e os novos recursos, nem todo mundo está completamente satisfeito com a atualização.

"O aplicativo ainda não permite compartilhar publicações, a principal funcionalidade do Facebook", afirma o coordenador do curso de Comunicação Digital da Unisinos, Daniel Bittencourt, ao comentar a mudança em seu Facebook.

ANDROID TAMBÉM

Em paralelo com a versão iOS, a companhia lançou também nesta quinta uma atualização menor para o seu aplicativo no sistema Android.

"Podemos dizer que estamos fazendo o melhor possível em todas as plataformas", afirma Johnson.