Sergio Luis Stefani, diretor da Render.

A Render, empresa catarinense de cursos de tecnologia à distância cujo carro chefe é tecnologia de CAD/CAE/CAM, entre outros, começou a vender impressoras 3D da marca 3DCloner, produzidas pela Microbras, uma empresa de eletrônica sediada em Marechal Cândido Rondon, no Paraná.

As máquinas produzidas pela Microbras, que foi fundada em 2009 e produz impressoras 3D desde o ano passado, são de baixo custo, com preços entre R$ 5.195 e R$ 6.595 segundo o tamanho das peças.

O objetivo da Render é colocar no mercado 150 impressoras em 12 meses de trabalho, o que agregaria um faturamento de R$ 1 milhão para a companhia, cerca de um terço da receita total projetada para o período.

O modelo 3DCloner ST, imprime peças com até 320x210x160mm e o modelo 3DCloner DH  imprime um volume de até 320x210x400mm. 

“Com esta capacidade você pode imprimir diversas peças de uma só vez possibilitando a impressão, por exemplo, de uma garrafa PET de 2,5L inteira dispensando o desenvolvimento das peças em partes”, explica Sergio Luis Stefani, diretor da Render.

Stefani é um executivo experiente no mercado de soluções para engenharia. Foi o dono de uma revenda da SolidWorks, a RenderWorks, até 2006, quando vendeu o negócio para a SKA, de São Leopoldo. Hoje, a empresa oferece cerca de 250 cursos à distância.