Máscara é fundamental, mas o papel do prontuário, já podem dispensar. Foto: Flickr.com/usphospitales

A Totvs firmou uma parceria com a E-Val, especializada em certificação digital, segurança da informação e BI, para integrar seu Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) ao E-Val Madics – Módulo de Assinatura Digital e Certificação em Saúde.

Com isso, o software da Totvs passa a atender às especificações de assinatura digital do Manual de Segurança SBIS/CFM e ICP-Brasil, o que lhe rende certificação da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) e do Conselho Federal de Medicina (CFM) no Nível de Garantia de Segurança 2.

“O E-Val Madics auxilia os sistemas de prontuário a eliminarem a necessidade do suporte em papel e a obterem a certificação”, afirma Luis Gustavo Kiatake, diretor de Marketing e Vendas da E-Val.

Com as funcionalidades agregadas pela parceria, o software da Totvs passa a oferecer recursos como integridade de prontuário, sem a possibilidade de adulterações; verificação do autor do documento, criptografia do prontuário para leitura exclusiva de destinatários escolhidos, entre outros.

CERTIFICAÇÃO NO FOCO
É a segunda parceria que a Totvs anuncia no mesmo mês, na área de certificação digital.

Há pouco, a companhia fechou acordo com a Certisign para o desenvolvimento do ECM CD, solução de gerenciamento de conteúdo corporativo, com assinatura digital.

O sistema vai permitir a autenticação de pessoas, além da assinatura digital de documentos.