Novo Fusca chega ao mercado brasileiro em novembro. Foto: divulgação.

Para celebrar um dos veículos mais queridos da história do país, a Volkswagen está colocando no mercado brasileiro a sua nova versão para o clássico Fusca, que chega às lojas em novembro por R$ 76.600, na versão com câmbio manual, e por R$ 80.990, com transmissão DSG de dupla embreagem.

Segundo a empresa alemã, a proposta com a repaginação do lendário fusquinha é criar um novo esportivo original, ligado mais ao conceito clássico do veículo, criado em 1938, do que o não tão bem sucedido New Beetle, lançado em 1998.

No Brasil, desde a sua chegada em 1962, foram produzidos cerca de 3,3 milhões de unidades do fusca clássico, que em 1993, inclusive, recebeu do ex-presidente Itamar Franco uma tentativa de revitalização, mas que não deu muito certo.

MAIS LUXUOSO

O preço salgado, quem nem de perto lembra a economia tão cara aos donos de fusca - atualmente, um fusca antigo pode custar de R$ 5 mil a R$ 30 mil em sites de revendas - tem seu motivo.

Projetado e fabricado em Wolfsburg, na Alemanha, o novo Fusca traz referências de design fiéis ao carro original, com um capô dianteiro longo, com menor altura e maior comprimento que o New Beetle.

O novo fusca também vem com sensores de estacionamento, bancos esportivos em couro, motor 2.0 TSI com 147 cv ou 200 cv, controle eletrônico de estabilidade (ESC) e suspensão traseira four-link.

Para os mais caprichosos, o veículo pode ser encomendado com opcionais como faróis bi-xenônio, teto solar e sistema de som Fender.