Diversas operações podem ser realizadas do celular. Foto: Reprodução.

Tamanho da fonte: -A+A

A Claro e o Bradesco lançaram o Meu Dinheiro Claro, primeira iniciativa da parceria formada em 2012. O produto é voltado para o público não bancarizado e funciona como um cartão de débito para transações financeiras pelo celular. 

Atualmente, de acordo com matéria do Computer World, Belford Roxo, São João de Meriti e Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e Goiânia, em Goiás são as cidades-piloto. 

O projeto é um cartão pré-pago vinculado a uma linha da Claro. Com ele, é possível fazer compras, transferências em dinheiro entre pessoas que tenham o produto e saques sem a necessidade de um cartão físico em terminais de autoatendimento Bradesco ou Banco 24 Horas, consulta de extrato e saldo, além de recarga no celular. 

Com a solução, o pagamento de compras pode ser feito em estabelecimentos atendidos pela Cielo. O processo utiliza a tecnologia USSD, presente em qualquer modelo de aparelho. 

As empresas garantem que a tecnologia não usa créditos ou a franquia de dados da linha do celular. A adesão é gratuita e pode ser feita em uma loja Claro das quatro cidades-piloto. A operadora de telefonia vai cobrar R$ 5 para cada saque realizado e R$ 1,5 por transferência.