Nelson Romero, diretor comercial da Schalter.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul comprou 900 thin clients da gaúcha Schalter por R$1,15 milhão.

A licitação foi vencida por registro de preço. As máquinas, chamadas de Mini PC's Schalter, foram instaladas em salas de audiência do tribunal espalhadas por todo o estado do Rio Grande do Sul.

A empresa já havia vencido uma licitação semelhante em março, quando vendeu  140 terminais de autoatendimento para a Justiça Federal do Rio de Janeiro (JF-RJ) por R$ 486 mil.

Em 2012, a companhia levou mais de R$ 7 milhões apenas com licitações de instituições federais e estaduais. 

Entre seus clientes estão Moinhos Shopping, Cineplus, GNC, Sabesp, Companhia de Energia do Ceará e Detran do Alagoas.

A Schalter é uma empresa tradicional do setor eletroeletrônico gaúcho, tendo iniciado atividades nos anos 90 com impressoras fiscais e de cheques.

A partir de 2007, a empresa começou a oferecer o que hoje são suas linhas principais: thin clients e terminais de autoatendimento.