O prazo é de 3 meses contando com o dia da volta para países europeus. Foto: flickr.com/photos/mari_m_tavares

Tamanho da fonte: -A+A

Os brasileiros interessados em viajar para países europeus devem se atentar para uma nova regra da validade dos passaportes. A norma estabelece que o passaporte dos visitantes deve ter validade mínima de três meses contados a partir da data de saída da Europa.

Se o viajante pretende ficar 10 dias em algum país do Tratado de Schengen, no momento do embarque o passaporte deve ter validade de três meses e 10 dias. No caso de uma viagem de um mês, a validade mínima é de quatro meses.

Estabelecida desde 26 de junho do ano passado, a regra é válida para 26 países que assinaram o Tratado. A Polícia Federal recomenda que a requisição de um novo passaporte seja feita seis meses antes do atual expirar.

No geral, a PF do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo afirma não ter ocorrido registros com algum número de brasileiros que foram impedidos de embarcar nessas condições, mas o órgão afirma que esses casos acontecem diariamente.

Os países que fazem parte do tratado de Schengen são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

A Inglaterra exige um prazo de seis meses para os turistas, já que não faz parte do tratado. O site da PF, contudo, não lista os prazos exigidos por cada país em relação à validade mínima para os passaportes dos visitantes.