Tamanho da fonte: -A+A

A PTC, fornecedora de soluções para criação e gerenciamento do ciclo de vida de produtos (PLM), firmou uma parceria com a Mult-e, de São José dos Campos.

O acordo foca venda e integração de duas soluções específicas: o Arbortext (para criação e publicação de manuais e catálogos) e Windchill (PLM).
 
“Seremos o braço de serviços da PTC na região de São José dos Campos, interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Vale do Paraíba”, afirma Pierre Mangussi, diretor da Mult-e. “A expectativa é que os negócios gerados com essa parceria resultem, em um ano, em crescimento de 30% no nosso faturamento”, destaca.
 
Já Helio Samora, diretor geral da PTC na América Latina, afirma que o canal é a primeira das revendas da empresa com foco na TI e não na venda e implantação de soluções CAD/CAM/CAE, em que a base da PTC já é bem consolidada no país.
 
Criada em 1999, inicialmente para integrar sistemas de engenharia e qualidade para a Embraer, a partir de 2003 a Mult-e passou a implementar, customizar e desenvolver soluções de TI  também para outras empresas.
 
Atualmente, a carteira da companhia inclui clientes como Panasonic, ICEA (Instituto de Controle do Espaço Aéreo), UOL, Hitachi, Johnson&Johnson, GM e Tecban, entre outras.
 
Para a parceria com a PTC, 10% do quadro de profissionais da Mult-e está sendo treinado e ficará dedicado à aliança, exclusivamente.
 
“Ainda há desconhecimento das empresas brasileiras sobre os benefícios do PLM. Grande parte acha que só porque seu CAD conversa com outros sistemas, não precisa de um PLM, o que demonstra que não veem a abrangência desse tipo de solução”, salienta Mangussi.
 
Para ele, esse panorama irá mudar quando grandes companhias como Embraer, Petrobras e Odebrecht, para citar alguns exemplos, começarem a exigir que seus prestadores de serviços e fornecedores também adotem uma solução de PLM.
 
“São essas grandes que irão puxar esse mercado. Nos próximos três anos deverá haver um incremento das ações nesse sentido”, projeta o executivo.
 
Atualmente a PTC conta com 26 revendas na América Latina, 12 das quais estão no Brasil.
 
Segundo Samora, o objetivo é ampliar essa rede com mais quatro parceiras no país até o final de 2012.