BANCOS

BC avança em pagamentos instantâneos

24/05/2019 14:17

Os primeiros pagamentos nesse modelo devem acontecer no final de 2020.

O 12º Fórum Internacional de TI Banrisul contou com o painel “Sistema Financeiro e a Inovação Digital”. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Banco Central definiu que os primeiros pagamentos instantâneos (transferências monetárias eletrônicas entre diferentes instituições com disponibilidade de fundos em tempo real no modelo 24x7) devem acontecer no final de 2020.

A informação foi divulgada no painel “Sistema Financeiro e a Inovação Digital” do 12º Fórum Internacional de TI Banrisul, realizado no dia 23 de maio em Porto Alegre.

“O Banco Central tomou a frente nesse assunto e tem realizado consultas públicas sobre esse tipo de pagamento em seu site”, relata Leandro Vilain, diretor de negócios e operações da Febraban.

A ideia do projeto é atender especialmente à movimentação de recursos entre contas transacionais (que podem ser uma conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga), com os recursos em poucos segundos disponíveis para o recebedor em qualquer dia e hora, inclusive fins de semana e feriados.

O modelo quer trabalhar com uma chave-única por usuário, independente de sua instituição bancária.

​Iniciar um pagamento instantâneo deverá ser tão simples quanto selecionar uma pessoa na lista de contato do telefone celular (sem a necessidade de inserir informações como número do banco, da agência e da conta e o CPF do recebedor).

Pelo smartphone, será necessária uma conta em um prestador de serviço de pagamento (PSP) da escolha do consumidor e o aplicativo da instituição. 

“A ideia é reduzir transações em dinheiro de pequeno valor entre usuários e também para serviços, como pagamentos para corridas de táxi, que poderão, por exemplo exibir um QR Code para receber o valor”, detalha o diretor da Febraban.

A iniciativa de fomentar os pagamentos instantâneos é um dos seis pilares de atuação da Febraban com foco em inovação.

“Trabalhamos junto ao Banco Central e às instituições financeiras para avançar de forma correta em temas ligados ao universo digital”, explica Vilain.

A atuação é focada também em onboarding digital (para facilitar a abertura de contas online), registro de garantias, blockchain no sistema bancário, centro de cybersecurity e open banking.

Veja também

TENDÊNCIA
Banrisul: métodos ágeis em nova unidade

Banco busca conciliar ambientes de TI complexos com a agilidade das fintechs.

ERP
BNDES indica Omie e MarketUP

Companhias que buscarem crédito do BNDES terão acesso ao site das empresas.

FINTECH
BS2 personaliza conta com o Flamengo

O app BS2 Flamengo faz parte da estratégia de patrocínio master do banco.

FINANÇAS
Desbancarizar: por que fugir dos bancos ao investir

No Brasil, trata-se de um processo mais recente, que se insere em um novo cenário no universo dos investimentos.

EVENTO
Fórum do Banrisul debate transformação digital

As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas no dia 8 de maio.

NEGÓCIO
Bradesco compra BAC Florida

O negócio foi firmado em aproximadamente US$ 500 milhões. 

FINTECH
Nexxera tem acordo com C6 Bank

Companhia catarinense atuará em conjunto com novo banco digital.

BIOMETRIA
Banco PAN usa reconhecimento facial

Tecnologia está se disseminando no setor financeiro do país.

CRESCIMENTO
BR Startups investe no Carflix

A Carflix vai receber até R$ 2 milhões para impulsionar o negócio.