4 mil estudantes brasileiros escolheram o Canadá no CsF. Foto: flickr.com/photos/imuttoo.

O programa Ciência sem Fronteiras recebe inscrições até o dia 29 de novembro para a graduação-sanduíche no Canadá, com vagas na área de computação e TI. 

Cerca de 4 mil estudantes brasileiros escolheram esse destino para o CsF e a expectativa é de 7 mil até janeiro, sendo o segundo país com mais universitários do programa.

O Canadá recebe anualmente cerca de 265 mil alunos de todo o mundo, com a possibilidade de estudar inglês ou francês. 

As chamadas são para universidades vinculadas ao Canadian Bureau for International Education (CBIE) e ao Consórcio das Universidades de Alberta, Laval, Dalhousie e Ottawa (Caldo). 

 As áreas contempladas são: Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Computação e Tecnologias da Informação; Tecnologia Aeroespacial; Fármacos; Produção Agrícola Sustentável; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Biotecnologia; Nanotecnologia e Novos Materiais; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Biodiversidade e Bioprospecção; Ciências do Mar; Indústria Criativa, com ênfase em produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação; Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; Formação de Tecnólogos, nas áreas e temas listados nos itens anteriores. 

De julho de 2011 a setembro de 2013, o Governo Federal já concedeu 53.552 bolsas de estudos para o Ciência sem Fronteiras. A meta é oferecer 101 mil em quatro anos.

Para participar, é preciso ter feito, pelo menos, 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter um bom desempenho no curso superior em andamento no Brasil.

O governo paga os custos do estudante no exterior, incluindo a mensalidade da universidade, o alojamento e a alimentação, além de um curso de línguas de até seis meses no país de destino.

Os principais países de destino dos estudantes do programa nas categorias já existentes (graduação, tecnólogo, doutorado e pós-doutorado) são Estados Unidos, Canadá, França, Inglaterra, Alemanha e Coreia do Sul.