Novos mainframes da IBM tem grande capacidade de criptografia. Foto: IBM.

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), maior sistema de cooperativas financeiras do país, acaba de adquirir três novos mainframes modelo Z14 LinuxOne Emperor II da IBM.

De acordo com o Sicoob, a instituição é a primeira a colocar em produção a nova linha de mainframes da IBM, lançada em setembro. 

Duas das máquinas já chegaram na sede do Sicoob Confederação, em Brasília. A terceira será recebida em 2018. 

Os equipamentos substituirão os mainframes atuais, responsáveis por hospedar os sistemas críticos de negócio como canais de atendimento, compensação bancária, pagamento, tesouraria e outros.

Também serão transferidos os demais produtos transacionais e analíticos do Sistema de Informática do Sicoob - Sisbr. 

A linha z14 foi anunciada pela IBM como o “mais significativo da tecnologia mainframe em mais de uma década”, pelo fato das máquinas serem capazes de executar mais de 12 bilhões de transações criptografadas por dia. 

A capacidade de criptografia permite que os dados sejam embaralhados em todos as camadas de software e hardware do equipamento que poderiam ser exploradas por hackers, dificultando cada vez mais para o atacante obter qualquer informação útil.

O Sicoob possui 3,7 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por 476 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). 

A rede Sicoob é a sexta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 2,6 mil pontos de atendimento.