Fernando Schneider. Foto: Divulgação.

Fernando Schneider, ex-gerente senior de engagement na McKinsey, acaba de assumir o cargo de diretor de Tecnologia e Transformação Digital na Burger King do Brasil.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

O executivo fez carreira em empresas de tecnologia, tendo passado por cargos como head de Vendas, Parceiros e Digital Marketing no UOL, gerente de parceiros estratégicos no Google e gerente de produto para serviços cloud na Dell.

A Burger King do Brasil é a franqueadora da rede de lanchonetes Burger King no Brasil, operando 857 restaurantes no país, a grande maioria próprios.

A pandemia do coronavírus representou um desafio para a operação, levando a uma queda de 27,8% na receita no terceiro trimestre do ano passado, para R$ 522 milhões.

Por outro lado, a empresa teve um salto de 200% nas vendas digitais, no embalo geral causado pelo aumento de consumo de tele-entregas.

O aplicativo da Burger King já cobre 100 lojas em 25 cidades e tem 4 milhões de usuários mensais.

A estratégia da marca é ganhar independência em relação à grandes plataformas de delivery como Rappi ou iFood, com a possibilidade de fazer ofertas personalizadas.

A companhia vem alterando sua operação visando se adaptar a essa nova realidade. Em outubro do ano passado, foi anunciado que o  vice-presidente de vendas e marketing do Burger King no Brasil, Ariel Grunkraut, passaria a partir de janeiro a liderar a área de tecnologia da rede de fast food.

A ex-presidente da Microsoft Brasil e atual vice-presidente de marketing do Google para a América Latina, Paula Bellizia, está no conselho do Burger King Brasil.

A meta da nova organização é ser a marca de alimentação mais digital e mais conectada ao consumidor no Brasil.