BASTA APROXIMAR

Itaú, TIM e Gemalto lançam piloto de NFC

25/02/2013 10:38

Solução da Gemalto permite fazer pagamentos aproximando smartphones de terminais.

Aplicações de NFC, como a da foto, começam a ganhar corpo no Brasil. Foto: Flickr.com/streamishmc

Tamanho da fonte: -A+A

A tecnologia da Gemalto, francesa de segurança digigal que no Brasil tem fábricas na Grande Curitiba, é base do que a companhia afirma ser o primeiro programa de pagamentos NFC móveis do Brasil, movido com a TIM e o Itaú.

Trata-se de um projeto de mobile payment utilizando o cartão SIM UpTeq NFC e a plataforma Allynis Trusted Services Management (TSM) da multinacional de segurança para permitir que os assinantes da operadora façam pagamentos do banco apenas aproximando seus smartphones de terminais de pagamento com tecnologia contactless.

Inicialmente, um piloto será realizado em mais de 100 restaurantes, cafés e lojas do Brasil, mas a meta é levá-lo a novos serviços, como transporte público, em breve, afirma Roger Solé, CMO da TIM Brasil.

“A tecnologia, infraestrutura e conscientização do consumidor para o pagamento sem contato estão prontos para crescimento no Brasil", avalia Fernando Teles, diretor de Cartão de Crédito do Itaú Unibanco.

Já Eric Megret-Dorne, vice presidente sênior de Transações Seguras da Gemalto América Latina, explica que o piloto no Brasil é uma extensão de mais de 50 implementações globais de NFC da companhia.

“É apenas o começo na América Latina", profetiza o VP.

Uma projeção embasada em dados como os da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), segundo a qual 75% dos brasileiros possuem algum tipo de cartão de pagamento, e do IDC, que informa que os smartphones já são um quarto do mercado nacional de celulares.

No primeiro semestre de 2012 foram vendidos 6,8 milhões de smartphones ante 3,8 milhões de unidades no mesmo período de 2011, segundo a consultoria.

Globalmente, um levantamento feito pelo site de tecnologia TechCrunch em 2012 estimou que as transações via pagamentos móveis poderiam atingir a casa dos US$ 171,5 bilhões nos EUA no ano, aumento de 60% em relação a 2011.

O estudo mostrou também que o número de pessoas que usa alguma forma de pagamento móvel também deveria crescer 32% ano/ano no país, chegando a 212,2 milhões de pessoas no fim de 2012.

Veja também

Gemalto, ARM e G&D: joint venture de segurança móvel
A Gemalto, empresa francesa de segurança digital que no Brasil mantém fábrica em Pinhais, no Paraná, firmou uma joint venture com a ARM, fabricante de chips, e a Giesecke & Devrient, fornecedora alemã de sistemas de segurança.

Gemalto fatura € 1,6 bi e distribuirá dividendos
A francesa Gemalto, especializada em segurança digital, fechou 2009 com faturamento global de € 1,65 bilhões.

O lucro bruto da companhia aumentou 0,8%, chegando a € 600 milhões, com impulso especial da área de Software & Services, que representou 10% dos ganhos gerais da empresa, com € 164 milhões faturados no ano passadoem 2009.

Já o saldo líquido em caixa da companhia encerrou o ano em € 381 milhões.
Gemalto compra área bancária da Xiring
A Gemalto, especializada em segurança digital, negocia a compra das atividades bancárias da Xiring, empresa focada em soluções de autenticação forte baseadas em cartão inteligente para e-banking e e-commerce.

A transação engloba todas as atividades, produtos, IP e tecnologias da Xiring dedicados a soluções de autenticação baseadas em EMV.
Gemalto investe R$ 10 milhões no PR
A francesa Gemalto vai investir R$ 10 milhões em sua fábrica instalada no município de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, de olho nas carteiras de identidade digitais, que começam a ser emitidas em 2010.

Os recursos serão usados para fabricar chips, antes importados da Cingapura e da França e policarbonato, um plástico que será utilizado na fabricação de carteiras de identidade eletrônicas.
PAGAMENTO MÓVEL
PagCom quer 3 milhões de usuários em 2013

Startup quer firmar sua ferramenta de m-payment em 2013, com plano de terminar o ano com cerca de 3 milhões de clientes usando a solução.

SEGUNDO SEMESTRE
CEF, TIM e Mastercard lançam m-payment

Novidade permitirá pagar pelo celular compras feitas em mais de 1,5 milhão de estabelecimentos.

Amdocs tem m-payments na nuvem

A Amdocs lança o Amdocs Mobile Payments, gateway baseado na nuvem pensado para ajudar as operadoras a expandir os negócios de pagamentos móveis.

De olho num segmento que deve movimentar US$ 670 bilhões até 2015 conforme a Juniper Research, a Amdocs lança a solução na modalidade Saas, como oferta flexível para as operadoras que procuram atrair o público adepto das novas tecnogias.

Paulista Freedom implanta m-payment na Nigéria

A paulista Freeddom firmou uma parceria com o UBA – United Banking for Africa para desenvolver e implementar uma solução mobile para transações financeiras na Nigéria.

A parceria fundou um consórcio que participou de uma licitação junto ao Banco Central Nigeriano (CBN).

Na concorrência, da qual participaram outros 32 consórcios, UBA e Freedom ficaram entre os quatro grupos autorizados a operar a licença de mobile payment no país a partir de abril deste ano.