INFRA

PIX usa tecnologia Red Hat

25/02/2021 13:21

Tecnologia open source foi escolhida pelo Banco Central como base do sistema.

Pode botar também uma placa da Red Hat. Foto: Banco Central.

Tamanho da fonte: -A+A

O Banco Central está usando tecnologias open source da Red Hat como base do PIX, sistema de pagamentos instantâneos lançado no final do ano passado que é a nova mania nacional.

A arquitetura é baseada em uma série de produtos da Red Hat, indo desde a solução de gerenciamento de softwares baseados em container OpenShift, que é mais conhecida, até produtos mais obscuros (pelo menos para esse repórter) como AMQ Streams e Ansible Automation Platform.

Para chegar a melhor infraestrutura para o PIX, o BC realizou uma licitação para contratação de uma arquitetura distribuída, altamente escalável, baseada na plataforma de tratamento de dados Apache Kafka. 

A solução vencedora foi o Red Hat AMQ, parte do Red Hat Integration, que oferece streaming de dados distribuídos com alta produtividade e baixa latência para operar, escalar e gerenciar aplicações em um ambiente Kubernetes nativo em nuvem.

O Banco Central também implantou o Red Hat Ansible Automation Platform para criar e oferecer funcionalidades de automação de infraestrutura, assim o PIX pode ser integrado com soluções de automação, permitindo centralizar o gerenciamento. 

"Queríamos criar uma solução que oferecesse transferências financeiras seguras e flexíveis, melhorando a experiência de nosso cliente, enquanto reduzimos os custos por transação", afirma Vicente Fernandes, chefe da Divisão de Arquitetura de Servidores, Armazenamento e Software Básico do Banco Central.

Durante os testes com um volume de 2 mil transações por segundo, o banco processou com sucesso 99% do total em menos de quatro segundos.

Inaugurado em novembro do ano passado, o PIX movimentou em 2020 um total de R$ 150,3 bilhões, em cerca de 176 milhões de transações. 

Até agora, a grande maioria dos pagamentos (85%) é entre pessoas físicas, mas isso deve mudar à medida em que mais empresas passem a aceitar pagamentos.

A partir de março, será possível incluir no PIX juros, multas, descontos e data de vencimento, o que transforma o meio em algo mais parecido com um boleto bancário. 

Outra inovação prevista é a possibilidade de pagar em parcelas, como um cartão de crédito, com a diferença de que será necessário ter o dinheiro suficiente na conta para pagar a compra inteira.

Veja também

CARROS
Sem Parar adota PIX

Nova forma de pagamento foi implantada por uma solução da Matera.

CAFÉ
Nespresso agora aceita PIX

Empresa estima converter até 70% das vendas de débito ou dinheiro para o sistema.

PONTOS
Dotz adere ao Pix com Compasso UOL

Projeto começou na metade de setembro e mobilizou times inteiros por 62 dias.

ERRO
Itaú transfere R$ 1 milhão indevidamente via Pix

Instituição duplicou valores das transações e agora processa outros bancos para receber o dinheiro de volta.

CASE DE ESTUDO
O Pix muito além do envio de dinheiro

Brasileiro resolveu fazer de tudo com o Pix. Existe um risco de segurança nisso?

CIFRAS
PIX movimenta R$ 83,4 bilhões no primeiro mês

O valor médio de operação foi de R$ 896. Existem 116 milhões de chaves cadastradas.

VOTAÇÃO
CIO do Banrisul vence novo prêmio nacional de TI

Jorge Krug representou o setor público no Pico da Neblina, anunciado no 4ConNetworker Award 2020.

PAGAMENTOS
O Pix não é a morte das maquininhas

Máquinas de cartão têm funcionalidades, e, principalmente, pagamento parcelado.

VAREJO
Americanas agora aceita pagamento com Pix

A tecnologia já está no e-commerce e deve ir para todas lojas físicas nas próximas semanas.

SALTO
Itaú vai para a nuvem da AWS

Contrato é uma grande mudança de rumos para um dos maiores bancos do país.

INFRA
Sicoob Cocred investe R$ 5 milhões em data center

Em projeto próprio, cooperativa de crédito adotou solução da Nutanix com a integradora LGTi.

OPEN BANKING
O que nos espera além do PIX?

A evolução digital do sistema bancário brasileiro deve trazer ganhos para todos os envolvidos.

FINTECH
AL5 Bank cadastra chaves Pix com DB1

Aplicação foi necessária para atender todos os requisitos mínimos do Banco Central.