ACELERAÇÃO

Facebook: programa para startups

25/08/2014 16:43

Nove startups participarão de um hackathon entre os dias 27 a 29 de agosto.

Facebook que mais brasileiras entre suas parceiras. Foto: Quka/Shutterstock.com

Tamanho da fonte: -A+A

O Facebook inicia nesta semana seu programa de aceleração para startups de desenvolvimento no Brasil. A intenção é capacitar e dar consultoria às empresas iniciantes que queiram desenvolver tecnologias usando a plataforma da rede social como base.

“O objetivo do programa é fomentar a inovação de startups e, desse modo, poder contar com mais parceiros desenvolvendo sistemas inovadores que possam atender às necessidades locais”, explica Renato Goulart, gerente responsável pelo programa na América Latina. 

A empresa de Mark Zuckerberg possui uma rede formada por mais de 200 parceiros, chamados PMDs (Preferred Marketing Developers), em 45 países. Hoje, apenas sete dessas empresas são brasileiras. 

Ao longo de 2014, empreendedores em diversas cidades brasileiras tiveram a oportunidade de conhecer o programa e 20 startups manifestaram interesse em participar, apresentando projetos. 

Dessas, nove startups foram selecionadas e participarão agora de um hackathon em que terão pela frente um desafio de tecnologia que deve ser solucionado durante o evento. O encontro acontece entre os dias 27 a 29 de agosto, no escritório do Facebook, em São Paulo. 

No último dia do evento, os projetos serão julgados por uma banca técnica do Facebook. As startups vencedoras terão como prêmio o acompanhamento de engenheiros, líderes de negócio e técnicos do Facebook durante os meses seguintes para desenvolver seus sistemas e seu modelo de negócios, além de serem “aceleradas” no programa para virar desenvolvedores credenciados (PMDs) pelos Facebook. 

Fundada em 2012 por quatro brasileiros, a Ezlike foi a primeira startup brasileira obter o título de PMD na América Latina e está entre as sete empresas que hoje atuam no ramo na região. Especializada no desenvolvimento de soluções para melhora de desenvolvimento em campanhas, a empresa viu sua carteira de clientes saltar de 32 no final de 2013 para mais de 180 nos primeiros seis meses deste ano.

A Bornlogic opera desde meados de 2013 e é focada na simplificação dos processos de criação, análise e otimização de campanhas sofisticadas no Facebook. A carteira de clientes da empresa dobrou nos primeiros seis meses deste ano.

Veja também

EMPREENDEDORISMO
Google terá Campus para startups em SP

A inauguração do Campus São Paulo do Google está prevista para o início de 2015. 

APORTE
MercadoLivre investirá em três startups

MercadoLibre Commerce Fund foi criado em 2013 e vai destinar US$ 10 milhões para startups

INOVAÇÃO
Bradesco: programa para startups

O programa dura 10 meses e o processo seletivo termina no dia 17 de outubro. 

SUA IDEIA NA PRÁTICA
Competição fomenta cultura de startups

A disputa é dividida em cinco etapas, da definição do problema à apresentação para jurados.