330 estacionamentos da Estapar com gestão de PDVs integrados. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Scala IT, canal IBM na América Latina, automatizou o sistema de gestão de pontos de venda da Estapar, empresa de estacionamentos com 870 pontos na América Latina, com cerca de dez milhões de veículos atendidos mensalmente.

330 estacionamentos estão integrados e a prestação de contas, antes realizada manualmente, é agora totalmente automatizada.

Em São Paulo, 170 estacionamentos já trabalham também com a emissão automatizada da NFes, reduzindo os custos operacionais da empresa. O controle de acesso automático está disponível em 130 estacionamentos da rede.

A meta da Estapar é chegar ao final do ano com 500 unidades interligadas.

No processo iniciado em outubro do ano passado, foi desenvolvido um projeto-piloto para integrar sua rede de estacionamentos, buscando também automatizar os processos de obrigações fiscais.

Segundo Jorge Ferreira, gerente de TI da Estapar, todo controle de acesso, recebimento e emissão de RPS, era gerado por meios eletrônicos, mas processados manualmente no ERP e sites das Prefeituras.

"Isso exigia tempo, pessoas dedicadas e apresentava elevado risco de falhas. As projeções de crescimento com as quais trabalhávamos indicavam a necessidade de investirmos em uma nova plataforma automatizada e escalável", relembra Ferreira.

O projeto, que utiliza as soluções IBM WebSphere Message Broker, IBM WebSphere Service Registry and Repository e IBM Tivoli Composite Application Manager for SOA, ficou sob a responsabilidade da Scala IT Solutions.

"A iniciativa envolveu a preparação de toda uma infraestrutura de hardware, desenvolvimento de software para o PDV, instalação, configuração e parametrização”, destaca Jorge Ferreira.

Segundo o executivo da Estapar, a experiência bem-sucedida levou a empresa a pensar não mais apenas na integração, mas na construção de uma solução de gestão de todos os serviços da rede de estacionamentos.

“Avaliamos que a Arquitetura Orientada a Serviços seria para nós a melhor abordagem a ser utilizada, com uma ampla gama de benefícios, como o tratamento da informação com reuso, o que nos permitirá, por exemplo, identificar e oferecer serviços de interesse específico para os nossos clientes”, Ferreira.