Serão produzidos refrigeradores, freezers e máquinas de lavar. Foto: flickr.com/photos/93050588@N07.

A Electrolux estuda construir sua terceira fábrica no Paraná, desta vez ao sul, na cidade de Rio Negro. Segundo matéria do jornal Valor Econômico, os estudos apresentados ao governo do estado nessa terça-feira, 24, indicam um investimento de R$ 250 milhões.

Na ocasião, foi assinado um protocolo de intenções no qual o governo se compromete a dar incentivos fiscais, como redução do ICMS.

Cerca de 600 empregos diretos e dois mil indiretos serão gerados com a produção de refrigeradores, freezers e máquinas de lavar.

A empresa informou ao jornal que a construção depende do aval da matriz, localizada na Suécia, e que há conversas em outros estados para outras construções.

O valor do investimento não foi confirmado.

A multinacional tem unidades também em São Carlos (SP) e Manaus (AM), além das duas no Paraná.

Segundo a Euromonitor, a Electrolux é a vice-líder do setor no Brasil, com 22% de participação de mercado, atrás da Whirpool, dona das marcas Brastemp e Consul, que detém 32%.