Foto: Pexels.

A It’sSeg, corretora de seguros especializada em gestão de benefícios, está utilizando o Power BI Premium, ferramenta de business intelligence da Microsoft, para identificar os riscos em relação à Covid-19 entre os beneficiários dos planos de saúde.

O projeto teve implantação da W&S Central IT, especializada em tecnologias de BI da Microsoft.

Como a It’sSeg atende clientes corporativos, os planos de saúde são contratados como benefícios para os colaboradores dessas empresas. Assim, a ideia é identificar quais são os funcionários mais suscetíveis aos riscos da doença e agilizar medidas preventivas.

Através do chamado Sistema Inteligente de Saúde, são cruzados dados etários com dados de comorbidades, que são doenças correlacionadas. Desta forma, o recurso permite analisar um amplo volume de informações sobre a saúde e o perfil de usuários das corporações, assim como seus atendimentos médicos.

A seguradora interpreta, então, de que forma os colaboradores dos clientes utilizam seus planos de saúde, para levar informações estratégicas à área de recursos humanos e à equipe de gestão médica.

Por meio de um extenso banco de dados, é possível analisar o passado para enxergar os riscos e as possibilidades do futuro, minimizando a sinistralidade — que é a relação entre o número de procedimentos acessados pelo beneficiário e o valor pago pela empresa para o plano de saúde.

“Com base nessas informações, auxiliamos as empresas nos direcionamentos adequados das ações de gestão e promoção de saúde. A tecnologia é uma grande aliada do negócio, por meio do uso do plano de saúde", ressalta João Siqueira, diretor de tecnologia da It'sSeg.

Um dos clientes da It’sSeg, por exemplo, apresentava taxa de sinistralidade elevada, chegando a 121,40% e com tendência de aumento. 

A companhia identificou que 18% dos usuários do plano de saúde pertenciam a diversos grupos de riscos elevados, representando 63% dos custos assistenciais. 

A partir dos resultados, foi possível iniciar o monitoramento e os programas de gestão de saúde, com a implantação de medidas de conscientização por nove meses. 

Nesse período foram identificados 22 casos de sucesso, com um incremento médio de 16% nos sinistros e uma economia estimada em aproximadamente R$ 500 mil.

Como forma de aumentar a assertividade das análises, o Sistema Inteligente de Saúde também permite gerar relatórios em tempo real, aprofundando o conhecimento e agilizando a tomada de decisões estratégicas pelas lideranças. 

Segundo a empresa, a inteligência incorporada ao sistema possibilita uma alta escalabilidade, melhor performance, redução de custos de propriedade e segurança da informação.

No total, a It’sSeg afirma que já investiu cerca de R$ 1 milhão no desenvolvimento de ações de enfrentamento à pandemia. 

Fundada em 2014 com apoio do fundo inglês Actis, a It’sSeg está presente em cinco cidades das regiões Sudeste e Sul, atendendo 850 clientes corporativos com 950 mil beneficiários. 

Anualmente, a empresa recebe R$ 2,1 bilhões em prestações pagas pelos segurados.

A W&S Central IT é uma empresa paulista, com filial em Joinville e especialização em tecnologias de BI da Microsoft e Qlik.

Desde 2009, a companhia já entregou 700 projetos nessa área para 156 clientes, a maior parte deles em tecnologia da Microsoft.