Wi-fi a bordo crescerá nos próximos anos. Foto: divulgação.

Uma pesquisa divulgada pela Juniper Research destaca que o número de aviões com serviços de internet para os passageiros deve triplicar nos próximos anos.

Segundo a consultoria, o número de aviões equipados com essa tecnologia vai passar de 3,2 mil em todo o mundo em 2015, para 10,4 mil em 2020.

De acordo com o estudo, realizado em parceria com a IATA, associação que reúne as companhias aéreas, o número de aeronaves conectadas deve acompanhar o crescimento da frota de aviões voando no mundo, que registra uma média de crescimento de 3% ao ano.

A expectativa é que até o fim do ano sejam quase 27 mil aeronaves circulando ao redor do globo.  Mantido esse ritmo, o número pode passar de 31 mil em 2020.

Um dos motivos para o crescimento das tecnologias de conectividade é o barateamento dos equipamento e a disseminação de novas tecnologias via satélite como a 2KU, que tem maior abrangência que o modelo air-to-ground (ATG) e maior cobertura ao redor do globo.

Esta expansão teve resultados no Brasil. Recentemente a norte-americana Gogo firmou um contrato com a Gol Linhas Aéreas.

O projeto, que tem a sua primeira aeronave conectada prevista para o primeiro semestre de 2016, envolve a adoção de serviços de acesso Wi-Fi, assim como a plataforma onboard de entretenimento com conteúdos de TV, vídeo e música sob demanda (VOD).

O padrão 2ku trouxe oito novas companhias aéreas para a lista de clientes da Gogo. Além da Gol, outras empresas de fora dos Estados Unidos como Aeroméxico, Japan Airlines e Vietnam Airlines também adquiriram o produto.