Foto: flickr.com/photos/teegardin

Os softwares de business intelligence (BI) devem ter sua comercialização ampliada em 7% se comparada a 2012, chegando a casa dos US$ 13,8 bi, de acordo com projeção do Gartner.

Para 2016 a estimativa é de que o mercado mundial movimente US$ 17,1 bi. O instituto aponta ainda que a análise de grande quantidade de dados (big data) será fator-chave para o próximo ciclo econômico.
 
O  Gartner apontou ainda a tendência de dados como serviço como responsável pelo aumento do mercado de BI. Atualmente as organizações buscam pela assinatura de dados focados em nichos específicos.

A gaúcha Sadig também acredita no crescimento, mas afirma que o BI tradicional apresenta desafios para o mercado.

Por isso, o presidente da empresa, Moacir Pogorelsky, afirma que vê oportunidades nas pequenas e médias empresas.

“Em nossos clientes de maior porte temos desenvolvido muitos projetos envolvendo a análise de grandes quantidades de dados. Porém, na maioria das empresas pequenas e médias, mercado onde atuamos, o BI ainda é uma novidade”, acredita.