Carlênio Castelo Branco.

A Senior teve uma receita bruta de R$ 283,4 milhões no ano passado, um aumento de 10% frente aos resultados de 2016.

Pode ser considerado um bom resultado tendo em conta o momento econômico, mas também é verdade é que marca um momento de baixa do ritmo de crescimento da empresa, que cresceu 15% em 2016, 16% em 2015 e 24% em 2014, antes do início da desaceleração da economia. 

Talvez por isso a empresa decidiu enfatizar o significado do resultado no longo prazo, destacando que o obtido no ano passado é o dobro do de 2013, além de resultados em áreas específicas como serviços de CRM e de cloud computing cresceram 103% e 92%.

“Em 2018 completaremos 30 anos de empresa e temos investido nossos recursos para potencializar as experiências dos nossos clientes com aumento de produtividade, agilidade e competitividade”, afirma o CEO da Senior, Carlênio Castelo Branco. 

Em 2017 a Senior fez a aquisição de duas empresas: a Gôndola Sistemas, especialista em gestão de supermercados, e a Prodama, que possui grande expertise no agronegócio. Além disso, a companhia também investiu na SocialBase, focada no desenvolvimento de soluções de rede social corporativa do Brasil.

Com estas aquisições a Senior completa 10 operações nos últimos sete anos e reforça a estratégia da companhia de ampliar o portfólio nos segmentos que mais têm contribuído com seu faturamento.

Atualmente, a Senior conta com cerca de 1,3 mil colaboradores distribuídos entre a sede em Blumenau, filiais, escritórios e unidades de negócios e cerca de 100 canais de distribuição em todo Brasil.