ESTADO

Procergs: nomeação de presidente bloqueada

26/02/2019 12:31

Conselho de administração teria apontado potencial conflito de interesse.

Hiparcio Stoffel.

Tamanho da fonte: -A+A

Não foi para frente a nomeação para presidência da Procergs de Hiparcio Stoffel, fundador e sócio da consultoria Indextech, e não está claro no momento quem vai assumir o comando da estatal gaúcha de processamento de dados.

Segundo fontes da empresa ouvidas pelo Baguete, a participação de Stoffel em algumas empresas privadas é visto por algumas pessoas dentro do governo como um potencial conflito de interesse que impediria sua nomeação, pelas regras da Lei de Estatais de 2016.

A lei prevê que não é possível nomear para o comando de estatais “pessoa que tenha firmado contrato ou parceria, como fornecedor ou comprador, demandante ou ofertante, de bens ou serviços de qualquer natureza” nos três anos anteriores.

É a primeira vez que a nova lei é aplicada para valer numa transição de governo. Não está claro qual seria o caso específico de Stoffel.

A IndexTech, comandada pelo empresário, é consultoria sediada em Porto Alegre que criou a metodologia de avaliação do Projeto Prefeito Inovador, iniciativa da Microsoft, Intel, Symnetics e Movimento Brasil Competitivo que contempla cidades brasileiras pelo destaque no uso da TI na gestão municipal, em 2010.

Mais recentemente, Stoffel liderou outra iniciativa voltada a cidades, o WeCity | cc, que se propunha a criar indicadores para avaliação de "cidades criativas".

No final de janeiro a reportagem do Baguete divulgou que Stoffel estava nos estágios finais do processo de aprovação do seu nome para assumir a presidência da Procergs.

Fontes ouvidas pelo site na época revelaram que o possível novo presidente já tinha realizado duas reuniões de transição com atual diretoria. Agora, parece haver um impasse, talvez na expectativa por algum tipo de descompactibilização que permitiria a tramitação oficial do nome.

Situações com a de Stoffel estão se tornando comuns, a medida que governos tentam trazer profissionais com um background de iniciativa privada para dentro da administração pública. 

A Procergs não figurou em primeiro plano nas discussões durante a campanha eleitoral no Rio Grande do Sul, na qual saiu vencedor Eduardo Leite, ex-prefeito de Pelotas e um nome emergente dentro do PSDB gaúcho.

Em uma entrevista por e-mail para o Sindppd-RS, sindicato que tem entre seus representados os funcionários da Procergs, Leite, ou alguém respondendo por Leite, deu algumas pistas sobre os planos do futuro governo para a estatal.

Leite foi taxativo ao negar a possibilidade de privatização da Procergs, mas apontou que a estatal deve usar terceirizações para tarefas com pouca necessidade de "inteligência", como desenvolvimento de sistemas e treinamentos.

A Procergs trabalha com terceirização de desenvolvimento de software por meio de grandes contratos desde 2009.

Empresas como Stefanini e DBServer já foram fornecedoras. Mesmo assim, o número de funcionários tem crescido. Ele era de 1,069 em dezembro de 2018, frente a uma média de 800 entre 2001 e 2014.

Veja também

ESTATAIS
Hipárcio Stoffel será o presidente da Procergs

Nome é o mais cotado nos rumores ouvidos pela reportagem do Baguete.

DADOS
Falha na Procergs afeta IPVA no RS

Um incidente fez com que algumas multas devidas não fossem computadas no sistema como pagas.

ESTATAIS
Deborah Villela sai da Procergs

O motivo é a incerteza quanto a legalidade da sua permanência com a entrada em vigor da Lei das Estatais.

E-MAILS
Procergs fecha Via-RS

Os cerca de 15 mil usuários de e-mail do Via-RS terão que encerrar suas contas nos próximos 90 dias.

ESTATAIS
Serpro: Andrade pode ter caído antes de assumir

Rádio peão fala em bloqueio por parte do conselho de administração da empresa.

PRIVATIZAÇÕES
Serpro e Dataprev com os dias contados?

Salim Mattar diz que quer “vender ou fechar” as duas estatais de processamento de dados.

ESTATAIS
Ex-CIO da Telefônica assume Dataprev

Informação é do site O Antagonista. Executiva fez carreira de destaque em telecom.

CORTE
Dataprev terá incentivo para demissão

Em meio a incerteza sobre o futuro, plano pode ter grande adesão.

PREGÃO
Embratel na frente da nuvem do governo

Com oferta baseada em AWS e desconto agressivo, companhia está a um P.O.C de levar o contrato.