Sergio Buniac, presidente global da Motorola. Foto: Divulgação.

Sergio Buniac, atual líder da Motorola na América Latina e na Europa, acaba de assumir o cargo de presidente global da companhia.

O executivo substitui Aymar de Lencquesaing, que estava na Lenovo desde 2014 e presidia a Motorola desde 2016. De acordo com a empresa, Lencquesaing decidiu “dedicar mais tempo a sua vida pessoal e à família”.

Buniac assumiu a gerência geral do Brasil em 2007. Em 2011, passou à liderança do Cone Sul. Um ano depois, foi promovido a presidente da Motorola para a América Latina.

O executivo ingressou na companhia de celulares em 1996.

No início desde ano, ele assumiu a liderança também na Europa, em um movimento da marca para levar para o continente os resultados alcançados no mercado brasileiro.

Na América Latina, a marca vendeu 68% mais no terceiro trimestre de 2017 comparado com 2016. No Brasil, a Motorola é a segunda principal vendedora de aparelhos, atrás apenas da Samsung. 

Hoje, a companhia não tem a mesma força no continente europeu, onde não se encontra nem entre os cinco principais concorrentes.