Esse é o segundo projeto do Ailos com a Hallo. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Ailos, sistema de cooperativas de crédito catarinense, adotou o modelo de assembleia virtual personalizada oferecido pela Hallo, startup especializada em desenvolver soluções digitais para instituições financeiras.

Durante a pandemia, a Hallo percebeu a demanda crescente por assembleias virtuais promovidas por cooperativas e passou a oferecê-las de maneira personalizada para 15 cooperativas, sendo 14 do Sistema Ailos.

Os cooperados agora recebem o link e a senha de acesso para os eventos através do aplicativo da conta digital e podem participar através da plataforma desenvolvida pela startup.

Somando os poucos encontros antes da pandemia e as assembleias digitais, foram realizados cerca de 800 eventos assembleares com mais de 131 mil participações em 2020.

Segundo Moacir Krambeck, presidente do Sistema Ailos, a instituição teve muitos feedbacks dos cooperados e da liderança sobre a ferramenta ser muito intuitiva. 

“Uma vantagem ímpar foi a transmissão e a votação na mesma plataforma, oportunizando que nossos cooperados continuem participando ativamente das decisões das cooperativas de maneira transparente, democrática e, principalmente, com segurança neste momento de pandemia”, avalia o presidente.

A plataforma desenvolvida pela Hallo pode ser customizada conforme a necessidade de cada cooperativa com informações e funcionalidades, como votação on-line, resultados em tempo real, transmissão ao vivo, gravação, fórum, vídeos e pré-assembleia.

Além disso, é possível disponibilizar documentos como demonstrativos e relatórios para os cooperados, tudo de acordo com o Banco Central do Brasil.

“As assembleias virtuais assegura, todas as etapas realizadas no encontro presencial, de forma democrática e legítima, preservando os votos, mesmo a distância”, destaca Bruno Grahl, CEO da Hallo.

Esse não é o primeiro projeto do Ailos com a Hallo. Em 2020, o sistema de cooperativas de crédito lançou um marketplace desenvolvido pela startup para comercializar os produtos e serviços dos seus cooperados. O app teve mais de 2,7 mil usuários na primeira semana de lançamento.

A Hallo foi fundada em 2017 por Bruno Grahl e João Paulo Ros, também cofundadores do Débito Direto, um centralizador de pagamento de boletos e contas de consumo através de um único boleto ou cartão de crédito.

Em 2019, a Hallo faturou R$ 800 mil e, em 2020, o cenário de pandemia contribuiu para a digitalização dos negócios, refletindo também nos números da fintech, que teve um faturamento de R$ 2,2 milhões.

No ano, entraram para o portfólio as empresas Mercado Asaas, Uni4Life Unicred Porto Alegre, Clube de Vantagens Unicred Brasil, Ailos Assembleia Digital e Bradesco Vitrine. Em 2021, já chegaram novos clientes como a Unicred e a Unimed Blumenau.

Já o Ailos foi fundado em 2002 e conta com mais de 1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares, mais de 200 postos de atendimento e R$ 11 bilhões em ativos. 

Com atuação nos três estados da região Sul, o sistema possui cerca de 4 mil colaboradores e, dentre as cooperativas que o compõem, estão Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.