Bob Paul, CEO da Compuware.

A Compuware divulgou os resultados do ano fiscal encerrado no dia 31 de março. A empresa fechou o ano com lucro de US$ 71,5 milhões, revertendo o prejuízo de US$ 17,2 milhões registrado no ciclo fiscal anterior. 

A receita da companhia recuou 0,4%, resultando US$ 720,8 milhões, em relação ao US$ 724 milhões do ano anterior.

A área de manutenção de software foi responsável pela maior fatia da receita, totalizando US$ 353,4 milhões. Isso representa queda de 2% em relação ao ano fiscal de 2013. 

Já a receita com licenciamento de software permaneceu estável, totalizando US$ 159,2 milhões, enquanto as vendas de assinaturas recuaram 1%, com US$ 80,9 milhões. 

A área de serviços profissionais teve recuo de 8%, registrando US$ 30,2 milhões, enquanto a de serviços de aplicação teve alta de 7%, e alcançou US$ 97,1 milhões.

"As principais lições do nosso ano fiscal 2014 são que nossos negócios de APM e Mainframe se fortaleceram . Além disso, tivemos um enorme progresso em nossa iniciativa de racionalização de custos, superando a meta de redução de despesa de 25% para o ano", disse o CEO da Compuware, Bob Paul, segundo o Wall Street Journal.

O resultado do quarto trimestre fiscal da Compuware reportou lucro líquido de US$ 20,2 milhões, frente a uma perda de US$ 63,6 milhões no mesmo período do ano fiscal anterior. 

Já a receita somou US$ 183,4 milhões, uma queda de 0,5% comparada aos US$ 184,4 milhões na mesma base comparativa.

Para o ano fiscal de 2015, a ser encerrado em março do próximo ano, a empresa estima alcançar receita entre US$ 720 milhões e US$ 735 milhões.