Rodrigo Abreu. Foto: divulgação.

A Cisco anunciou nesta quarta-feira, 26, a entrega do primeiro roteador fabricado no Brasil.

O lançamento faz parte do plano de investimentos de R$ 1 bilhão que a Cisco pretende realizar no país nos próximos quatro anos, do qual também resulta o início da manufatura local, em 2011, com a produção de set-top boxes.

De lá para cá, a fábrica, mantida em São Paulo em parceria com uma indústria local, já ampliou de tamanho duas vezes.

O investimento também inclui  a aplicação em fundos de venture capital focado em  TIC, abertura de um centro de inovação no Rio de Janeiro, acordos de propriedade intelectual com empresas locais e programas de responsabilidade social.

Por hora, a Cisco fabrica por aqui um de seus produtos mais vendidos, o roteador ISR (Integrated Service Router), que oferece serviços integrados de  segurança, mobilidade e controle de aplicações.

O produto é  destinado a empresas de médio porte e escritórios de filiais.

Conforme divulgado pela companhia americana, a produção de roteadores no Brasil está de acordo com o PPB (Processo Produtivo Básico) e deverá acrescentar cerca de 100 postos de trabalho, dobrando o contingente atual da fábrica paulista.

“A expansão da fabricação local reforça o compromisso de longo prazo para promover a inovação, transformação e desenvolvimento socioeconômico, expandindo nossa presença no país”, finaliza Rodrigo Abreu, presidente da Cisco do Brasil.