Cemig apostou em tecnologia da HPE. Foto: Divulgação.

A Cemig migrou sua infraestrutura de data center para equipamentos da HPE instalados no ambiente da Sonda Ativas.

Foram adquiridos com o canal Digiopen dois storages HPE 3PAR, uma solução de backup StoreOnce, oito switches SAN HPE 8/8, além de um chassi com lâminas para montar o ambiente e assim viabilizar o serviço de migração de dados.

Com a compra de equipamento, a migração não usou o chamado “ambiente bolha”, no qual os sistemas rodariam durante a movimentação de equipamento, o que diminuiu a complexidade do projeto.

“Preparamos a infraestrutura dentro do nosso datacenter para recebermos a migração de todo ambiente do nosso cliente”, afirma Aurélio Arouca, gerente de projeto da Sonda Ativas.

O processo da mudança de datacenter, contendo o planejamento e as migrações efetivamente, teve a duração de 12 meses divididos em quatro fases, com a participação da HPE em três fases com duração de pouco mais de oito meses, de abril de 2016 a setembro de 2016. 

Na primeira fase de participação da HPE foi feita a ativação dos equipamentos. Na segunda e terceira fase, foi feita a migração de dados dos sistemas que estavam em storages legados da CEMIG para os storages adquiridos, onde 90% dos dados foram migrados pela HPE.

“Foram 40 go lives em um ano, sendo apenas um ambiente que tivemos que executar o plano de retorno, porém na segunda tentativa obtivemos êxito na migração deste ambiente”, afirma Arouca.

Outro fator interessante é que houve uma aquisição no meio do processo, quando a Sonda comprou 60% da Ativas por R$ 114 milhões em agosto de 2016.

Os outros 40% restantes são do Grupo Asamar e da própria Cemig.

Uma das principais concessionárias de energia elétrica do Brasil, a Cemig responde por 96% da área de concessão em Minas Gerais, com mais de 7,5 milhões de consumidores, em 774 municípios. 

A estatal é a maior fornecedora de energia para clientes livres do país, com 25% do mercado, e um dos maiores grupos geradores, responsável pela operação de 70 usinas, com capacidade instalada de 7.295 megawatts.