PASSO FUNDO E REGIÃO

Coprel leva PNBL a todo Noroeste do RS

26/10/2012 13:43

Passo Fundo, uma das cidades do Noroeste gaúcho atendidas pela Coprel no PNBL.

Tamanho da fonte: -A+A

A Telebras ativou um link de internet esta semana para atender a 14 municípios da região noroeste do Rio Grande do Sul com serviços do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que serão fornecidos pela Coprel Telecom.

A companhia é a divisão de telecomunicações da Coprel, atuante no noroeste gaúcho, e vai oferecer o serviço de um Mbps ao valor máximo de R$ 35, já incluído o ICMS, conforme previsto pelo PNBL.

O link começa pelas cidades de Passo Fundo, Cruz Alta, Fortaleza do Vlos, Alto Alegre, Espumoso, Ibirubá, XV de Novembro, Colorado, Selbach, Lagoa dos Três Cantos, Tapera, Não Me Toque, Victor Graeff e Ernestina.

“Chegamos ao Rio Grande do Sul em junho, firmamos uma parceria com a Procergs para a integração das redes em agosto e agora chegamos ao noroeste do estado”, avalia Caio Bonilha, presidente da Telebras.

Segundo ele, a meta é chegar com a oferta do PNBL à grande Porto Alegre já no mês que vem.

“Em breve, estaremos na grande Porto Alegre”, promete.

A parceria com a Procergs foi firmada em agosto para, nas palavras de Bonilha, “dar condições de implementar o PNBL no estado e atender à necessidade de infraestrutura para a realização da Copa do Mundo de 2014” .

O projeto também mira um impulso à expansão da Infovia, rede de fibra óptica mantida pela Procergs.

No Rio Grande do Sul, outras empresas já oferecem planos nos moldes do PNBL, como a Oi, que atende a 160 cidades gaúchas com este serviço.

Segundo informações da operadora, até o fim de 2014, todas as localidades-sede dos 4,8 mil municípios de sua área de atuação serão atendidos pelo PNBL.

Hoje, 37% das cidades cobertas pela Oi estão incluídas no plano do governo federal.

Lançado em 2010, o PNBL teve uma “revolução” anunciada pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, em agosto deste ano.

Conforme Bernardo, trata-se de um segundo PNBL, com objetivo de universalizar o acesso fixo à Internet em patamares próximos aos da TV aberta.

O ministro também pensa em propor a ampliação da velocidade da banda larga do país no serviço popular já no próximo ano.

Para ele, isso permitirá “uma revolução na educação, aplicações de saúde, governo eletrônico e entretenimento”.

De acordo com dados da Telebrasil, o total de acesso em banda larga já ultrapassou 78,8 milhões, entre conexões fixas e móveis.

Veja também

INTERNET POPULAR
Oi: PNBL em 20% do BR

Consolidada como a maior parceira da Telebras no programa de democratização da internet, a Oi já chega a 1.082 cidades brasileiras.

Isso representa 19,44% de todos os municípios da federação.

A nova leva, de 385 incluídos na cobertura da operadora nessa segunda-feira, 12, representa um salto no mapa geral do Ministério das Comunicações, que até 15 de janeiro, último número divulgado, tinha 692 municípios registrados.

PNBL chega a Hulha Negra e Rolador

A Oi está ampliando em 71 municípios a oferta do PNBL no Rio Grande do Sul.

Em fevereiro, 25 cidades, passarão a contar com o Oi Velox. Hulha Negra, Novo Cabrais, Rolador, Segredo e Vera Cruz são alguns dos municípios. [Confira a lista completa no final da matéria.]

Agora serão 154 cidades gaúchas em que a oferta estará presente, com 1 Mpbs a R$ 35 por mês.

Oi leva PNBL a mais 18 cidades do RS

A operadora Oi oferece, desde essa segunda-feira, 16, os pacotes do PNBL em 18 novos municípios no Rio Grande do Sul, entre eles Feliz, Giruá e Santa Bárbara do Sul.

A leva gaúcha faz parte da meta da empresa para esse semestre: 1,2 mil cidades com a internet popular.

Hoje, a Oi já tem 65 municípios atendidos com os pacotes de  1Mbps a R$ 35 por mês e 300 no Brasil.

Oficializados R$ 3,2 mi do PNBL na PUC-RS

O repasse de R$ 3,2 milhões da Telebras para a PUC-RS foi oficializado no Diário Oficial da União da última sexta-feira, 13.

Serão R$ 2,2 milhões do orçamento da Telebras e mais R$ 1 milhão do Ministério das Comunicações, para a criação de um laboratório de testes da infraestrutura de redes utilizada no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), encabeçado pela Telebras, sob o comando do Ministério das Comunicações.

Proteste: PNBL cria usuário de 2ª mão

A Proteste Associação de Consumidores ajuizou ação civil pública na Justiça Federal, em São Paulo, para que seja declarada a nulidade dos Termos de Compromisso firmados entre o Governo Federal e as concessionárias de Telecomunicações para o PNBL.

Na avaliação da Associação os consumidores estão sendo prejudicados porque os termos de compromisso autorizam as Teles a ofertar planos extremamente desvantajosos.

Oi amplia oferta do PNBL no RS

A Oi iniciou no final da semana passada a oferta do plano de internet dentro do PNBL em mais 100 municípios do Brasil.

No Rio Grande do Sul, além dos 61 municípios já atendidos, mais quatro foram selecionados para receber as novas ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL: São Nicolau, Palmitinho, Guabiju e Faxinal do Soturno.

Com os 100 municípios no Brasil beneficiados em dezembro, a Oi chega a 300 municípios no país atendidos em 2011.