Sindicalistas protestam na entrada do Tecnopuc. Foto: Assessoria de Imprensa Sindppd/RS

Tamanho da fonte: -A+A

Com a campanha salarial 2011/2012 aguardando julgamento na Justiça do Trabalho, o Sindppd-RS começou a mobilização dos reajustes do ano que vem.

Nesta segunda-feira, 26, um grupo de sindicalistas fez um protesto em frente da entrada do estacionamento do Tecnopuc, em Porto Alegre.

Para 2013, o Sindppd-RS reivindica  aumento real de 5% e negociar a redução da jornada de trabalho para 40h semanais.

Na campanha atualmente em julgamento na Justiça, a pedida foi de 2%.

O Seprorgs oferece reajuste com base no INPC de 6,66% para 2011/2012 e de 5,99% para 2012/2013.

A entidade alega que os salários já estão pressionados para cima pela falta de profissionais no mercado.

O nível de reajuste voltou aos níveis demandados em 2010, quando o sindicato pedia 11% de aumento – levou 5,39%, equivalentes ao INPC do período – e redução imediata da jornada de trabalho de 44h para 40h, o que também não levou.

De acordo com o Sindppd-RS, o piso salarial de um analista de sistemas com mais de um ano de trabalho na mesma empresa seria de R$ 2,1 mil. Ainda segundo o sindicato, as negociações com o Seprorgs não resultam em aumento real há 11 anos.