Sinqia fez compras de todo tipo. Foto: https://www.flickr.com/photos/evaysucamara

Tamanho da fonte: -A+A

A Sinqia comprou a Fromtis, uma empresa com uma solução de nicho no mercado financeiro, focada nos chamados FIDCs - fundos de investimentos em direitos creditórios, por um valor que pode chegar a R$ 28 milhões.

Do total, R$ 9 milhões estão pendentes do atingimento de metas nos anos de 2022 e 2023.

Nos últimos 12 meses encerrados em outubro, a empresa apresentou receita bruta de R$ 9,4 milhões.

A compra segue a estratégia da Sinqia, que já fez 17 aquisições desde 2005, geralmente de companhias com o mesmo perfil, por valores similares.

Ainda em outubro, a Sinqia comprou a Tree Solution, uma companhia especializada em software para o segmento de câmbio, por R$ 17 milhões, usando a mesma fórmula.

Conhecida até 2018 como Senior Solution, a Sinqia vem adquirindo empresas de software para o setor financeiro em série faz tempo.

A lógica por trás das compras é sempre a mesma: posicionar a Sinqia como líder no segmento e criar oportunidades de cross sell e up sell na base de clientes combinada.

A maior compra foi a Itaú Soluções Previdenciárias, especialista em tecnologia para empresas de previdência complentar do banco, por R$ 82 milhões, também em 2020.

Até agora, a empresa já formou uma oferta com pilares focados em bancos, fundos, previdência e consórcios, além de outsourcing e consultoria.

No último ano, a Sinqia levantou R$ 362 milhões por meio de uma oferta subsequente de ações (follow-on) para seguir sua estratégia de crescimento, o que indica mais compras pela frente.

A Sinqia tem hoje 100 mil investidores individuais na base acionária, contra os 11 acionistas que fizeram a abertura do capital em 2013.

A receita líquida em 2019 foi de R$ 175,1 milhões, um aumento de 23,3% sobre 2018.