SaúdeControle quer crescer com aporte. Foto: divulgação.

A SaúdeControle, startup brasileira de gestão de informações médicas, conquistou um investimento de US$ 5 milhões de investidores estrangeiros.

Com o investimento, vindo de um fundo não revelado, a empresa pretende expandir sua marca internacionalmente. A informação é do Valor.

A companhia foi a única no segmento de saúde a representar o Brasil em um evento em Nova York, no final do ano passado. A startup participou do encontro através de uma ação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Softex e Central Partners.

"Apresentamos nossa solução para investidores e conseguimos capital para internacionalizar a operação", afirmou o presidente do Saúde Controle, Adriano Barcello. Para o executivo, o aporte contemplará a entrada do serviço no mercado dos Estados Unidos, uma das bases para o crescimento da marca.

Para esta investida, a empresa planeja ações de marketing e adequação da ferramenta, assim como custos em TI, garantindo capacidade computacional para manter a disponibilidade da aplicação.

Segundo Barcellos, a plataforma da SaúdeControle tem potencial para atender milhões de pessoas em todo o mundo, com uma solução centrada no paciente.

"Na prática, temos clientes potenciais em todo o mundo", comentou o presidente, destacando que no Brasil a aplicação já conta com 18 mil usuários e já conta com uma penetração considerável no mercado.

Ao mirar o mercado internacional, a companhia brasileira está de olho em um dos mais promissores mercados de TI no futuro. Segundo analistas, até 2020 os gastos globais de tecnologia para os segmento de saúde devem passar dos US$ 66 bilhões, crescendo a uma taxa de 19% ao ano.