Divulgação, CTJ Online/Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

O Ministério do Planejamento lança no dia 04 de maio o Portal Brasileiro de Dados Abertos.

A iniciativa visa a dar maior transparência aos dados públicos, divulgando-os em padrão aberto, facilitando a utilização. As iniciativas são previstas pela Lei de Acesso à Informação, que entra em vigor em 16/5.

De acordo como secretário de Logística e TI do Planejamento, Delfino Natal de Souza, no entanto, os dados não estarão concentrados no site.

“Esse portal não terá os dados diretamente, mas os links de onde as informações podem ser encontradas, funcionando como um grande catálogo”, explica Souza ao site Convergência Digital.

O Portal faz parte da premissa de que órgãos e entidades públicas devem divulgar, independentemente de solicitações, informações de interesse geral ou coletivo.

Essa divulgação deve se dar obrigatoriamente via Internet em todas as cidades com mais de 10 mil habitantes.

Segundo a SLTI, a construção do portal foi baseada na plataforma aberta chamada CKAN e disponibilizada pela instituição internacional Open Knowledge Foundation (OKFN) – seguindo o exemplo do portal existente no Reino Unido, que é reconhecido como um dos melhores do mundo.