Divulgação, Flickr Dave/Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

O jornal inglês Financial Times divulgou o ranking  FT Bowen Craggs 2012, que traz os sites corporativos considerados mais eficazes.

Os critérios são construção da página, integração com outros canais, como as mídias sociais, divulgação de mensagens da companhia e ainda o serviço a públicos específicos, como investidores, imprensa, consumidores e sociedade.

Foram avaliadas 81 das maiores empresas globais, selecionadas a partir do ranking Financial Times Global 500.

No Brasil, o destaque fica para a Petrobras, cujo site foi desenvolvido pela gaúcha W3haus, que está em 41º lugar na classificação geral, subindo 11 posições em relação ao ranking de 2011.

A integração entre o site do Brasil e o site global da Companhia foi destacada como principal avanço. Nas subdivisões da pesquisa em relação ao atendimento a públicos específicos, a Petrobras é a 13ª colocada em relação a investidores e a 20º melhor para a imprensa.

A companhia é a segunda empresa com maior crescimento na nota geral do ranking, alcançando 174 pontos. A nota ficou 13 pontos acima da obtida em 2011 e reforça o crescimento alcançado nos anos anteriores.

Quem levou o primeiro lugar foi a Royal Dutch Shell, com a maior pontuação, puxada pelos quesitos mensagens e relação com investidores.

Na sequência, entre as mais bem ranqueadas estão BP (Reino Unidos) Eni (Itália), Siemens (Alemanha), Roche (Suíça), Unilever (Reino Unido e Holanda), British American Tobacco (Reino Unido), Novartis (Suíça) BASF (Alemanha) e IBM (Estados Unidos).

Confira, abaixo, as pontuações gerais e o quesito em que os sites estão melhor cotados. Para acessá-los, clique nos nomes das empresas.

Clique aqui para acessar a lista completa.

LISTA DOS PRINCIPAIS SITES
Royal Dutch Shell - 219 pontos, destaque para serviço aos investidores
BP - 213 pontos, destaque para contato com o público
Eni - 211 pontos, destaque para mídias sociais e outros canais
Siemens - 211 pontos, destaque para mídias sociais e outros canais
Roche - 208 pontos, destaque para mídias sociais e outros canais
Unilever - 207 pontos, destaque para a construção do site
British American Tobacco - 206 pontos, destaque para o serviço à sociedade
Novartis - 205 pontos, destaque para a construção do site
BASF - 204 pontos, destaque para a construção do site
IBM - 200 pontos, destaque para mídias sociais e outros canais