Alberto Blanco, CEO da Riot. Foto: Divulgação.

A Riot, agência de mídias sociais e serviços digitais, acaba de anunciar a expansão de sua parceria com a Kenshoo, fornecedora de soluções para marketing de busca e publicidade online. O objetivo é criar campanhas multicanais - search+social - para aumentar seu alcance e o envolvimento dos clientes.

“Do ponto de vista do profissional de marketing, se o Google e o Facebook fossem uma só empresa, essa empresa seria a Kenshoo. Os dados comprovam que combinar busca e mídia social pode produzir resultados extraordinários. Estes profissionais não devem mais ver os canais separadamente”, afirma Alberto Blanco, CEO da Riot.

Segundo ele, a tecnologia da Kenshoo permite que a empresa integre esses canais para criar um marketing digital composto.

A Riot irá utilizar o Intent-Driven Audiences (IDA), da Kenshoo, primeira solução do mercado que combina o que é procurado nos mecanismos de buscas com as pessoas no Facebook em tempo real. 

O IDA permite que profissionais de marketing mostrem aos clientes anúncios relacionados com as palavras-chave pesquisadas, e utiliza os recursos do Facebook para definir um público alvo e encontrar mais clientes como esses. 

A ferramenta da Kenshoo também dá acesso ao arquivo de anúncios do Facebook, inclusive em dispositivos móveis, e aos avançados filtros da rede social para refinar buscas por consumidores em potencial com base no seu comportamento.

Para mostrar que a atividade de conversão de busca patrocinada aumenta na medida em que os anunciantes gastam mais dinheiro no Facebook, a Kenshoo lançou recentemente uma pesquisa chamada ”The Facebook Added Value Series: Volume 2: Finding the Sweet Spot for Search and Social Investment”. 

O estudo, encomendado pelo Facebook, também determina o gasto mínimo necessário para se ter benefícios entre canais, assim como uma diminuição do retorno, identificando que há uma situação mais favorável para os investimentos dos profissionais de marketing.

“A Riot entende que separar campanhas de busca e mídia social não é mais uma estratégia eficaz para atingir clientes, pois enquanto eles migram para uma abordagem omni-channel, os profissionais de marketing que seguem essa tendência ganham uma vantagem em relação à concorrência”, afirma Gary Nafus, direto geral da Kenshoo nas Américas. 

Anunciantes, agências e fornecedores de marketing usam as soluções da Kenshoo para direcionar mais de US $ 15 bilhões em receita de vendas on-line, segundo o CEO da companhia, Yoav Izhar-Prato.

Uma fonte familiarizada com a empresa disse ao WSJ que a última rodada de financiamento levou o valor da Kenshoo para entre US$ 400 milhões e US$ 500 milhões. A empresa está sediada em Tel Aviv e conta com escritórios em outros nove países, incluindo um no Brasil, que fica em São Paulo.