VOOS

Gol: manutenção do sistema causa problemas

27/08/2021 12:27

Atraso afeta check-in, vendas e alterações por quase uma semana.

"Atenção passageiros, temos uma turbulência nos sistemas". Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Uma manutenção dos sistemas de vendas e atendimento da Gol, prevista para durar das 19h do sábado (21 de agosto) até às 12h do domingo (22 de agosto), acabou se arrastando quase a semana toda, causando problemas para passageiros e agências de viagens.

Serviços on-line, como check-in, vendas e alterações, ficaram indisponíveis quase toda a semana.

O diretor de Vendas da Gol, Renzo Mello, falou com o site especializado em turismo Panrotas, dando uma previsão de regularização completa para esta quinta-feira, 26.

Segundo disse Mello ao Panrotas, o serviço de venda de passagens aéreas para os clientes foi regularizado primeiro, e depois vieram as agências de viagens e todo o lado B2B da operação (a Smiles, por exemplo, não estava conseguindo vender passagens em troca de pontos).

“É preciso destacar que boa parte do processo deu certo e atingiu seus objetivos. Os dados, reservas, uso no aeroporto, tudo saiu como previsto. Mas as parametrizações demoraram um pouco mais”, disse Mello ao Panrotas, vendo as coisas pelo lado positivo.

A Gol divulgou uma nota sobre o assunto, afirmando que “procedimentos de contingência” foram aplicados durante o período mais crítico e que “não houve nenhuma situação de vulnerabilidade do sistema” ou “prejuízo à operação dos voos”.

A mudança de sistemas pegou a Gol no final de um período de transição na sua área de TI.

Em agosto do ano passado, a empresa anunciou a contratação de Cláudia Meira, ex-diretora de TI da Avon, para o cargo de diretora de TI da empresa.

Na ocasião, a empresa informou que Paulo Palaia, que estava na função há mais de nove anos, seguiria como advisor na área de tecnologia da empresa por outros 12 meses. 

Nem a nota da Gol nem a notícia da Panrotas entram nos detalhes sobre quem são os fornecedores dos sistemas em questão que interessam especialmente aos leitores do Baguete.

A Gol tem dois grandes fornecedores de tecnologia. Pelo lado de gestão, a área fechou em 2014 um grande projeto para implementação de um ERP da SAP, trocando na ocasião um sistema da concorrente Oracle (mais ou menos na mesma época, a TAM também fez a mesma troca).

O outro fornecedor é a Amadeus, uma empresa originada dos grandes players do mercado aéreo europeu e que oferece soluções para gestão de check-in, emissão de passagens e outras necessidades específicas do setor. 

Depois que a Amadeus comprou em 2016 a Navitaire, sistema usado pela Gol desde o início de suas operações, a empresa acabou migrando para a Amadeus, um processo que durou cinco meses, realizado em 2019.

Veja também

SEGURANÇA
Lojas Renner: não pagamos hackers

Varejista diz para a CVM que não negociou com responsáveis pelo ataque.

TROCA
Sonda: novo CEO é da casa

Ricardo Scheffer, com 20 anos de empresa, substitui Affonso Nina, trazido em 2017.

RANSOMWARE?
Lojas Renner sofre ataque cibernético

Varejista confirmou incidente. Na Internet, já circula o pedido de resgate de um grupo de hackers.

SOPRO
CNPq dá primeiro sinal de restabelecimento

Depois de 12 dias com plataformas fora do ar, pesquisadores agora podem acessar currículos.

PREJUÍZO
Senacon multa Decolar.com em R$ 752,4 mil

A decisão foi tomada pois a empresa não esclareceu aos seus clientes a crise financeira da Avianca em 2019.

VIAGENS
Pontes compara apagão no CNPq a pane de avião

O ministro citou sua experiência de astronauta para tranquilizar a comunidade científica.