Antonio Dutra Junior, vice-presidente de Estratégia de Produtos da Sysphera. Foto: Divulgação.

A Sysphera, companhia de Florianópolis especializada em projetos de software para gestão, anunciou novos investimentos para sua expansão internacional, abrindo um escritório em Portugal.

Segundo a empresa, a unidade de Lisboa, que também conta com um ponto de presença na Tailândia, serve como o primeiro passo da companhia para entrar nos mercados europeu, africano e asiático.

O plano da companhia é já conquistar dez novos clientes com a nova unidade nos próximos dois anos, com o mercado europeu passando a responder por até 20% dos negócios totais da empresa.

A expectativa de faturamento da empresa para 2015 é de aproximadamente R$ 13 milhões, um incremento de mais de 30% em relação ao faturamento do ano anterior.

A nova unidade é coordenada pelo diretor-gerente Ségio Aniceto, executivo português com 30 anos de mercado no seu país de origem e passagens pela IBM Portugal e Informix. O escritório se soma a outras operações internacionais da companhia catarinense, que ficam na Argentina, Peru, Chile, Colômbia, Guatemala, México e Estados Unidos.

Em Portugal, a empresa já começa com uma carteira de clientes estabelecida. De clientes grandes, a Sysphera cita a Cerealis, atacadista local especializada no segmento de grãos.

Para a Antonio Dutra Junior, vice-presidente de Estratégia de Produtos da Sysphera, a expansão internacional é uma necessidade no mercado de software, especialmente para o segmento de CPM (Corporate Performance Management). 

"Por isso, desde o início nos preocupamos em oferecer as capacidades de multi-idioma e multi-moeda, capaz de atender empresas de qualquer porte e segmento, interessadas na melhoria dos seus processos de orçamento e consolidação”, completa Dutra.

Com matriz em Florianópolis e expertise em planning e consolidação financeira, a Sysphera atende clientes como Quanta, Algar Telecom, Kepler Weber, Governo de Buenos Aires e Mercado Libre da Argentina.