Carlênio Castelo Branco. Foto: divulgação.

A Senior, desenvolvedora blumenauense de softwares para gestão, registrou no primeiro trimestre de 2014 um faturamento de R$ 38,76 milhões, um crescimento de 32% em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a companhia, a conquista de 93 novos clientes, como PH Transportes, Ciber, Leme Consultoria, Imab e Libbs Farmacêutica, contribuiu para esse resultado, assim como a grande demanda de sistemas de gestão empresarial para pequenas e médias empresas.

"Nosso software para este segmento, lançado no início do ano passado, tem conquistado um ótimo espaço no mercado", afirma o presidente da Senior, Carlênio Castelo Branco.

A Senior fechou 2013 com um faturamento de R$ 141,3 milhões, uma alta de 23% frente aos resultados do ano anterior e pouco mais de R$ 6 milhões acima do resultado previsto.

Com a meta de alcançar R$ 1 bilhão em 2022, a companhia tem trabalhado na ampliação da sua equipe de vendas e no credenciamento de novos canais de distribuição.

A empresa também aposta na adaptação dos seus sistemas para o eSocial, em vigor a partir deste mês, para impulsionar seus negócios, atendendo às demandas das companhias que precisarão se reestruturar para se adequar à nova exigência do governo.

Especializada em softwares para recursos humanos, a Senior oferece soluções de gestão empresarial e gestão de acesso e segurança, além de de serviços de implantação, consultoria e suporte em TI.

As soluções da companhia atendem a mais de 10 mil empresas de todos os portes e regiões do país, em diversos segmentos econômicos.

Fundada em 1988 em Blumenau, possui 6 filiais (São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Pernambuco) e cerca de 100 canais de distribuição no país, totalizando 3 mil pessoas envolvidas.