LOGÍSTICA

Inbrands adota WMS da Sythex

28/05/2014 12:59

Inbrands fechou o primeiro trimestre de 2014 com um lucro líquido de R$ 9,2 milhões.

Portfólio da InBrands inclui Tommy Hilfiger. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Inbrands, empresa de gestão de marcas de moda, adotou o Sistema de Gerenciamento de Armazém da Sythex, o WMS WIS FULL, para aprimorar sua logística.

A empresa opera no segmento varejista com um portfólio de marcas que inclui Ellus, Richards, Salinas, Alexandre Herchcovitch e Tommy Hilfiger. 

A companhia dispõe rede de distribuição que conta com 351 lojas, entre próprias e franqueadas, além de cerca de 3,2 mil clientes multimarca e sete sites, atingindo primordialmente um público de alto poder aquisitivo.

Pensando em melhorar sua operação logística, a Inbrands escolheu o Sythex WMS WIS, que será utilizado na gestão do seu Centro de Distribuição, implementando funcionalidades como:

registro do tempo gasto em tarefas, rastreabilidade de tarefa, cálculo de produtividade, controle de acesso por grupo de usuário, reabastecimento automático de picking, armazenagem inteligente, gestão de pátio e doca, agendamento de recebimento, entre outras funcionalidades necessárias ao seu negócio.

O diferencial do projeto esta no grau de automação, com o WMS integrado tanto ao ERP Linx quanto a um equipamento Sorter com mais de 100 desviadores que a Inbrands instalou em seu Centro de Distribuição.

A Inbrands fechou o primeiro trimestre de 2014 com um lucro líquido de R$ 9,2 milhões, contra um prejuízo de R$ 8,1 milhões no mesmo período do ano anterior. 

Em 2013 a Sythex obteve um crescimento de 50% em seu faturamento, conquistando 20 novos clientes à carteira de mais de 90 clientes ativos. Entre eles estão FastShop, Livraria Cultura, Hyundai e Magazine Luiza.

Veja também

LOGÍSTICA
Grupo Astra implanta WMS da Sythex

Sistema ajudará na gestão dos produtos acabados e dos estoques dos materiais de construção.

ERP
Piá migra Datasul para Totvs

Projeto iniciado em 2012 que já consumiu 6 mil horas de trabalho.

GESTÃO DO TERMINAL
Viracopos: R$ 9 mi em sistema para cargas

Com um investimento de R$ 9 milhões, as novas ferramentas devem entrar em operação em 14 meses. 

VAREJO
Master: ERP, WMS e BI da Consico

Rede sediada em Erechim e com lojas no RS e SP, fez implantação em 18 meses.

LOGÍSTICA
Grupo Raupp adota WMS da Sythex

A empresa utilizará o sistema para atividades como gestão de equipes e integração com os clientes.