São Paulo foi considerada a melhor cidade da América Latina para startups. Foto: flickr.com/klausbalzano.

A cidade de São Paulo foi considerada a melhor da América Latina para o desenvolvimento de startups de tecnologia. O Global Startup Ecosystem Ranking 2015, realizado pela Compass, mostra a cidade na 12ª colocação da lista global, sendo a única cidade latina no top 20.

Em relação ao ranking anterior, publicado em 2012, São Paulo subiu uma colocação. Segundo o relatório, os pontos fortes da cidade são a disponibilidade de capital, performance das startups e alcance de mercado.

Além desses quesitos, os locais citados foram analisados em talentos e capacidade de exportar startups para outros países, segundo o Estadão.

As primeiras posições do ranking são ocupadas por Vale do Silício, Nova York, Los Angeles, Boston e Tel Aviv. O estudo deixou de fora os ecossistemas da China, Taiwan, Japão e Coreia do Sul por causa da barreira da linguagem.

O Global Startup Ecosystem Ranking 2015 relata que os ecossistemas de startups estão cada vez mais internacionais, pois  37% dos investimentos recebidos pelas startups nas 20 cidades mapeadas incluem ao menos um investidor de outro país. 

Além disso, o número de startups que contam um segundo escritório em outro país ou mudaram sua sede de uma região para outra cresceu 8,4 vezes.

O relatório teve como base entrevistas com mais de 200 empreendedores e especialistas de 25 países, além de uma pesquisa feita com 11 mil startups, investidores e envolvidos com o setor ao redor do mundo nos últimos cinco meses.