A Salesforce Commerce Cloud é fruto da aquisição da Demandware. Foto: Divugação.

A Salesforce acaba de lançar uma nova plataforma de comércio eletrônico. A Salesforce Commerce Cloud é fruto da aquisição, em junho do ano passado, da fabricante de software Demandware pela fornecedora de CRM.

O sistema tem o objetivo de ajudar os clientes a configurar lojas on-lines, adicionando funções de comércio eletrônico ao portfólio de software em nuvem da empresa.

A Demandware, adquirida por US$ 2,8 bilhões, trabalha principalmente em sites de varejistas e marcas que querem vender direto aos consumidores. Antes da venda para a Salesforce, a companhia contava com mais de 350 clientes.

O Salesforce Commerce Cloud enfrenta concorrentes de peso de empresas como Oracle, SAP e IBM, que possuem um vasto portfólio de ofertas de comércio digital.

Muitas grandes empresas têm adquirido software de e-commerce on-premise e hardware desses fornecedores. Já o Salesforce Commerce Cloud, opera apenas como um serviço em nuvem, destaca o Wall Street Journal.

A Salesforce, que diz ter mais de 100 mil clientes, avalia que o novo serviço vai impulsionar seu crescimento. 

Para o Salesforce Commerce Cloud ajudar a empresa a cumprir esse objetivo, ela terá de adaptar o software da Demandware para a realização de transações de vendas entre empresas (B2B), explica Gene Alvarez, vice-presidente executivo da Gartner, em entrevista ao Wall Street Journal. 

Ele afirma que o novo serviço terá de vincular o procurement corporativo com o sistema de pedidos de compras.

"Além disso, a Salesforce terá de convencer alguns clientes potenciais a descartar os sistemas que já compraram", acrescenta Alvarez.

O mercado mundial de software para comércio digital deve crescer dos atuais US$ 3,8 bilhões para US$ 5 bilhões em 2018, segundo o IDC.

Em 2020, o mercado de e-commerce B2B americano deve chegar a US$ 1,1 trilhão. Em 2015, o valor ficou em US$ 780 bilhões,  de acordo com a Forrester Research.